BR Login
BR

8 conselhos para driblar o medo antes do casamento: tome nota!

O medo ao compromisso não é um fenômeno irracional nem raro, especialmente quando muitas das histórias que nos rodeiam – ou as nossas experiências em relacionamentos prévios – parecem ser mais de desamor que de amor.

Para te ajudar a superar as dúvidas que podem começar a surgir na sua cabeça com a aproximação do grande dia, listamos 8 conselhos para driblar o medo antes do casamento que realmente funcionam.

Mira CerviñoSaiba mais sobre “Mira Cerviño”
Foto: Mira Cerviño

1. Evite associações negativas

Está comprovado que a mente humana funciona de uma maneira que faz com que os momentos negativos fiquem gravados na nossa memória com mais nitidez. Pode ser que, por exemplo, você leve mais em conta as relações que falharam e essas lembranças alimentem seus medos. Reconheça que agora é a hora perfeita de mudar o foco e se concentrar nos aspectos positivos do seu relacionamento. Você vai perceber que a vida é cheia de momentos felizes que muitas vezes ignoramos ou esquecemos. Essa nova perspectiva vai te encher de ânimo para este grande passo que você está prestes a dar.

2. Visualize o que você quer e se lembre o porquê

Quando seus desejos são claros, honestos e baseados no amor, é fácil se livrar do medo ao futuro. Reviva na sua cabeça o exato instante em que se apaixonaram, lembre-se porque você ama a outra pessoa e de todos os momentos e experiências que fizeram você chegar ao ponto em que está agora. Use um diário para listar as suas dúvidas e tente respondê-las uma a uma. Escreva sobre os aspectos positivos do seu parceiro/a. Você verá que este processo de “diálogo consigo mesma” por escrito facilita o processamento dos pensamentos e das emoções. Ao colocar tudo para fora, você vai finalmente parar de dar voltas ao tema, se distanciar da dúvida e começar a se tranquilizar.

Fique atenta a estas 18 atitudes cotidianas que comprovam: ele é o amor de sua vida!

Danilo Máximo FotografiaSaiba mais sobre “Danilo Máximo Fotografia”
Foto: Danilo Máximo

3. Aceite os desafios

Reconheça que vocês viverão bons e maus momentos juntos. Assim como no namoro, o seu marido continuará demonstrando virtudes que te fascinam e alguns outros detalhes menos atraentes, mas com os quais aprenderá a lidar. Casamento não é sobre ser perfeito o tempo todo. É sobre encontrar uma pessoa disposta a aceitar suas imperfeições e saber que vale a pena conviver com elas. É estar com alguém que queira estar ao seu lado apesar das dificuldades que a vida, inevitavelmente, irá apresentar e juntos crescerem!

4. Viva o momento e redefina o “para sempre”

Muitas vezes, o conceito de “para sempre” pode ser assustador e ficar patinando em torno desta dúvida pode nos fazer esquecer de que a única coisa que temos realmente garantida na vida é o “agora”. Não há nada de errado em avaliar a sua vontade em estar com o seu parceiro “até que a morte os separe”, mas isto não deve ser analisado a ponto de te paralisar. Divida este temor com o seu noivo. Pode ser que ele também se sinta da mesma forma e será um alívio dividir este peso com quem você ama. O amor que você sente pelo seu futuro marido HOJE é do tipo “para sempre”? Carpe Diem!

Descubra as 10 coisas que um CASAL tem que fazer ANTES de casar: a 6 é fundamental!

Samuel Campos FotografiaSaiba mais sobre “Samuel Campos Fotografia”
Foto: Samuel Campos

5. Esqueça prazos e objetivos

Casar e ter uma família são decisões muito pessoais, exigem muito planejamento e trabalho e parceria. Esqueça as pressões que a sociedade insiste em ditar aos casais. Não existe idade certa para se casar, comprar um apartamento, trocar de carro, ter o primeiro filho, o segundo o terceiro. Você pode querer viver de aluguel a vida toda e querer ter filhos só depois de conhecer o mundo (ou não querer filhos). Cumpra seus objetivos no seu tempo e não faça nada por pressão da família ou da sociedade. Você e seu marido sabem melhor do que qualquer um o que os deixará felizes.

6. Saia de casa

Vá molhar seus pés no mar ou afundar até os tornozelos numa lama geladinha. Procure fazer qualquer coisa que te dê prazer. Visite a sua avó cheia de sabedoria ou passe um fim de semana totalmente sozinha, mas faça algo que te ajude a limpar sua mente e acalme este turbilhão de emoções que está te soterrando. Isto lhe dará a chance de se olhar as coisas “de fora”, te permitindo obter uma visão melhor sobre o que está acontecendo.

Você sabe relaxar? Aprenda 4 técnicas express que funcionam de verdade!

Gabi NehringSaiba mais sobre “Gabi Nehring”
Foto: Gabi Nehring

7. Expresse seus sentimentos

Você pode estar hesitante em conversar sobre seu “frio na barriga” com o seu parceiro, mas se esta é a pessoa com quem você pretende dividir a sua vida, você tem que estar preparada para se abrir com honestidade em assuntos, muitas vezes, difíceis de se abordar. Esta poderia ser a oportunidade para vocês dois compartilharem algumas apreensões sobre o futuro novo e desconhecido. Talvez apenas colocar para fora e ouvir o que o seu parceiro tem a dizer – e perceber que ele compreende suas preocupações – pode realmente aliviar qualquer nervosismo que você tenha.

8. Considere fazer terapia

Sozinha ou com o seu noivo, a terapia pode ajudá-la a formular pensamentos acerca dos seus medos. Um terapeuta qualificado pode te dar ferramentas para controlar a sua ansiedade, ajudá-la a reconhecer quais são as apreensões normais e quais são preocupantes – pois, em caso de relações abusivas, o medo é legítimo e a única saída é cancelar o casamento – e criar um diálogo para fortalecer a confiança pelo seu futuro marido, essencial para se engajar nesta nova etapa.

Aqui estão os 10 hábitos DIÁRIOS de casais felizes: o número 5 faz toda a diferença!

Foto: Marco Samaniego

Tenha e mente que a ansiedade não é totalmente negativa, pois leva à reflexão e nos impede de tomar decisões imprudentes. Sair da zona de conforto sempre dá um frio na barriga, mas o que realmente muda é o endereço, afinal de contas, você conheceu essa pessoa, se encantou, apaixonou e teve seu tempo para ter certeza do que ambos queriam. Se isto está bem estabelecido, esqueça seus medos e vá em frente. ALERTA DE SPOILER: Mudanças espontâneas e significativas não acontecem na maioria das vezes. Se você está se casando com “defeitos” que pretende modificar quando estiverem sob o mesmo teto, é melhor tirar o cavalinho da chuva. O comportamento do passado é a previsão do comportamento futuro.

Aproveite para ler os 30 conselhos de mãe que toda filha deve ouvir antes de casar: não falham!

Gostou deste artigo? Compartilhe

Deixe seu comentário

Crie gratuitamente o site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa no Zankyou?
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 20 países. Mais informação