BR Login
BR

Conheça os 7 tipos de amor e responda: qual é o seu?

Por mais que nos esforcemos lançando nossas próprias teorias, o amor é um conceito extremamente profundo, com base em três pilares: intimidade, paixão e compromisso. Quase todo mundo experimenta um ou dois destes sentimentos, mas é difícil sentir os três durante uma relação. Então continue lendo e descubra qual é o tipo de amor que faz o seu coração bater mais forte.

Leia também: Estas 18 ações cotidianas COMPROVAM: é o amor da sua vida!

Everton Rosa FotógrafoSaiba mais sobre “Everton Rosa Fotógrafo”
Foto: Everton Rosa Fotógrafo

1. Amor Apaixonado

Divertido, porém complexo, é a raiz de muitos relacionamentos, pois o componente sexual é alto graças à atração de um pelo outro e o sentimento de posse (e a necessidade de ser possuído). Muitas vezes, a paixão acaba resultando em sentimentos mais profundos, como a comunicação mais íntima e a ideia de construir um futuro juntos. No entanto, você também pode estacionar no estágio da paixão, deixando de descobrir um universo amplo que geralmente está associado às relações de parceria. Esse tipo de amor é perigoso, porque cada membro pode acabar andando em círculos numa estrada de duas vias em vez de seguirem os dois na mesma direção.

2. Amor Romântico

Um amor de cinema, mas com um final triste. Por quê? O sexo e a intimidade não são prioridades: você vai passar um bom tempo na cama, acordado até tarde, mas falando apenas sobre sua vida, desde a infância até a idade adulta. Você quer que aquela pessoa te compreenda e saiba tudo a seu respeito. No entanto, a questão não vai além disso, porque o tema “compromisso” é inexplorado. Um amor daqueles que marcam, doem e, encontrando outro parceiro, ficam na nossa memória para sempre junto com aquela clássica pergunta: “E se…?”

Conheça 5 maneiras de desejar bom dia ao seu amor e levantar com o pé direito sempre!

Silvia TononSaiba mais sobre “Silvia Tonon”
Foto: Silvia Tonon

3. Amor Amigo

Um amor muito bonito e interessante, mas insuficiente. Sem paixão, pois a química e a atração sexual são inexistentes, e quase tudo é baseado em privacidade, ou seja total confiança, compreensão plena e carinho. Nestas ocasiões, uma forte amizade pode evoluir para a paixão, mas se isso só ocorre com um dos dois, quase sempre acaba em drama. Tenha muito cuidado com este!

4. Amor Companheiro

Não é perfeito, mas depois de anos de relacionamento, é quase o mais esperançoso. Uma vez que é difícil manter intacta a chama dos primeiros dias, a intimidade e o comprometimento são cada vez mais fortes, o que cria um amor consistente e uma ligação inquebrável. O desejo sexual foi desaparecendo, mas existem maneiras de compensar este departamento. A base do relacionamento está solidificada. Só é preciso trabalhar algumas coisas.

Veja os 7 efeitos colaterais da paixão que você desconhece totalmente: tome nota!

Robison KunzSaiba mais sobre “Robison Kunz”
Foto: Robison Kunz

5. Amor Vazio

Como nos casamentos arranjados de reis, príncipes e outras pessoas de sangue azul, o compromisso é a base da relação, mas não há vestígios de intimidade e paixão. Também é detectado em muitos lares “plebeus” quando, depois de anos, as relações sobrevivem apenas de um amor morno, pois os dois já não se comunicam, nem se amam, ou a paixão já arrumou as malas há tempos (casamentos de conveniência ou acomodados que todos já presenciamos). Além disso, por questões de conforto e segurança, algumas pessoas embarcam em relacionamentos onde não há absolutamente nada além do que uma união levada em banho maria.

6. Amor Carnal

Apenas sexo, nada mais. Com o claro propósito de aliviar o stress dando vasão a um dos instintos primários do ser humano, é basicamente uma relação irregular com base na paixão sem afeto. Duram normalmente uma noite ou alguns encontros furtivos e selvagens, mas nunca vão além. Não há nem mesmo a intimidade antes ou depois que poderiam desencadear a paixão. Leia de novo e veja que ninguém está dizendo que este amor é ruim, tá?

Descubra qual é o motor da sua relação: a cumplicidade, o sexo ou a amizade?

Robison KunzSaiba mais sobre “Robison Kunz”
Foto: Robison Kunz

7. Amor Pleno

O grau mais alto do amor, o auge, a obra-prima: intimidade, paixão e compromisso se encontram para alcançar a perfeição. No entanto, nem tudo que reluz é ouro e excelência pode terminar em tragédia. Esse amor deve ser mais bem cuidado do que um bonsai: mimar a cada dia, trabalhar, “viver e morrer” por ele. Embora seja difícil chegar a um amor desse nível, é ainda mais difícil mantê-lo para sempre. Não caia na rotina, descuido ou preguiça. Se isso acontecer, sua história pode acabar antes do que você deseja. Este amor é, sem dúvida, o melhor de todos, mas pode acabar se transformando em algum dos outros se for negligenciado. Sim, o tempo passa e as coisas se transformam, mas tente manter o amor pleno, que é sempre o mais gratificante.

Conheça as 5 situações de intimidade que UNEM muito mais que o SEXO!

Robson Santiago FotografiaSaiba mais sobre “Robson Santiago Fotografia”
Foto: Robson Santiago Fotografia

Você já sabe qual é o seu tipo de amor? Se você está feliz com o resultado, parabéns! Se não, você sabe: troque de amor ou mexa-se para encontrar uma solução, mas nada de enlouquecer! Saber quais são os 10 hábitos DIÁRIOS de casais felizes pode ser de grande ajuda.

Contate as empresas mencionadas na matéria:

Gostou deste artigo? Compartilhe

Deixe seu comentário

Crie gratuitamente o site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa no Zankyou?
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 20 países. Mais informação