BR Login
BR

Felizes para sempre: 7 descobertas científicas recentes que prometem ajudar a manter a sua relação!

Dizem que um vem antes do outro. Que a paixão é passageira enquanto o amor é para sempre. Estamos cansados de ouvir os mais experientes (ou pessimistas) falarem que a empolgação não passa de um ano – talvez três para aqueles que têm sorte ou se empenham em manter a chama acesa. Sim, dizem muitas coisas sobre estes dois sentimentos que movem o mundo, mas o que pensam os psicólogos, sociólogos, antropólogos e médicos? O que dizem os especialistas e o que descobriu a ciência?

Preste atenção: Vamos te contar as 7 descobertas mais surpreendentes dos últimos anos sobre amor e paixão!

Júlio Dutra Photo StudioSaiba mais sobre “Júlio Dutra Photo Studio”
Foto: Júlio Dutra Photo Studio

1. Viciados em amor

Altos e baixos no nosso humor são quase sempre determinados pela situação emocional em que vivemos: se estamos amando, ficamos felizes, nos sentindo calmos; em situações de rompimento, sentimos tristeza. O Albert Einstein College of Medicine, em Nova York mostrou que o fim de uma história de amor tem efeitos idênticos aos produzidos por uma abstinência de drogas prolongada. Ela pode causar depressão e gerar comportamentos obsessivos. Deixar de amar é muito mais difícil do que parar de fumar …

2. O amor materno e a flechada do cupido

Você sabia que aquela deliciosa sensação de amor à primeira vista que experimentamos ao ver o nosso par surgindo no meio da multidão – ou quando nossos olhares se cruzam – é igualzinho ao sentimento de uma mãe quando olha para o seu bebê? Pesquisadores do Instituto Max Planck em Tuebingen (Alemanha) demonstraram, depois de uma série de experimentos, que em ambos os casos estão envolvidas as mesmas áreas do cérebro. Isso faz com que o nosso organismo usufrua de um delicioso coquetel de hormônios do bem estar!

Veja também: como superar um grande amor que acabou? A ciência responde!

Alexander Muradas PhotoSaiba mais sobre “Alexander Muradas Photo”
Foto: Alexander Muradas Photo

3. A durabilidade mora nos pequenos detalhes

Enduring love (ou Amor Durável) é o nome do projeto de pesquisa que observou o comportamento de 4.000 casais britânicos, concentrando-se em relacionamentos de longo prazo, para entender qual o seu segredo. O resultado não foi nada surpreendente: para fazer a paixão durar o máximo tempo possível é importante se concentrar nas pequenas coisas, como trazer café para o seu(a) amado(a) quando ele(a) volta cansado(a) do trabalho, elogiar sempre a beleza do seu par, ou simplesmente dizer “eu te amo” todos os dias ao acordar pela manhã.

4. Coisas que prejudicam o amor

Aparentemente, é arriscado se casar antes dos 25 anos. Um estudo recente explica que o segredo para evitar o divórcio é casar-se na faixa entre 25 e 32 anos. Não importa a idade, no entanto, quando se trata de Natal: esta festa é a mais estressante para os pombinhos que, devido à convivência mais intensa com a família, acabam discutindo e entrando em crise muito mais do que o habitual.

Conheça as 18 ações cotidianas que COMPROVAM: é o amor da sua vida!

Heverson Henrique FotografiaSaiba mais sobre “Heverson Henrique Fotografia”
Foto: Heverson Henrique Fotografia

5. Cuidado com as redes sociais

O aviso vem da American Academy of Matrimonial Lawyers (Academia Americana de Advogados Matrimoniais) nos Estados Unidos, onde um levantamento de dados recentes detectou o aumento nos divórcios relacionados à utilização das redes sociais – pasmem: em 2010, 81% dos divórcios nos EUA foram motivados por ciúmes decorrentes da atividade do parceiro na internet. O “amor nos tempos de likes é colocado à prova cada vez que você aceita uma solicitação de amizade de um ex-namorado da época do colégio, ou quando faz check in no café da esquina às 3 da tarde. Tenha bom senso e poste com sabedoria! Aproveite para conferir essas 10 Dicas simples para fazer o seu casamento BOMBAR nas redes sociais!

6. O poder dos relacionamentos à distância

Um estudo do Departamento de Comunicação e Mídia da Universidade de Hong Kong confirmou os efeitos positivos da distância em relacionamentos românticos. Embora os casais interajam menos ao longo do dia, os contatos tendem a ser mais afetuosos e íntimos – formando uma relação de cumplicidade e laços mais intensos e profundos – do que se estivessem em um relacionamento geograficamente próximo. Pessoas envolvidas nesse tipo de romance também são mais propensas a idealizar o comportamento de seus parceiros, o que leva a uma maior sensação de intimidade. Isso acontece por que eles sentem necessidade de encurtar a distância se sentir mais perto um do outro.

Leia também: 10 sinais que indicam: seu amor será um pai maravilhoso!

Camila Muradas PhotosSaiba mais sobre “Camila Muradas Photos”
Foto: Camila Muradas Photos

7. Desamor dá barriga

Ganhar alguns quilinhos depois de casar é uma coisa normal e é consequência do bem estar e paz de espírito associados ao sentimento de amor. Mas se o casamento estiver um inferno, você… TAMBÉM vai se assustar ao subir na balança! Um estudo do Institute for Behavioral Medicine Research da Universidade Estadual de Ohio diz que as brigas e discussões frequentes ajudam a aumentar o nível de insulina no sangue e isso provoca o acúmulo de gordura abdominal!

Se estas 7 verdades sobre o amor te surpreenderam, você também vai gostar saber que a ciência também comprova estes dois fatos: quem decide o SEU futuro amoroso é o seu NARIZ e casar é melhor do que só morar junto!

Contate as empresas mencionadas na matéria:

Gostou deste artigo? Compartilhe

Deixe seu comentário

Crie gratuitamente o site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa no Zankyou?
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 20 países. Mais informação