BR Login
BR

Glossário do vestido de noiva: 12 palavras “mágicas” que você tem que conhecer!

Chegou a hora de buscar o vestido de noiva que vai deixar você ainda mais linda, deslumbrante e com o visual que sempre sonhou para o grande dia. Para escolher o modelo mais apropriado há uma série de itens que devem ser levados em consideração, como o corte, o tecido e, claro, a silhueta da noiva. Sentir-se bem no dia mais importante da sua vida é primordial.

Vestidos de noiva 2017: TODAS as tendências que arrasarão!

Atelier Carol HungriaSaiba mais sobre “Atelier Carol Hungria”
Atelier Carol Hungria – Foto: Vini Brandini

Nessa fase de escolha, você certamente vai se deparar com diversas palavras e nomes de vestidos que você nunca ouviu falar, mas tem vergonha de perguntar, afinal, que noiva que se preze não sabe o significado de Macramé ou Corte Basco?

Se tudo isso deixa você bastante assustada, não se preocupe! Elaboramos um guia ilustrado para você ler e aprender com 12 termos técnicos sobre vestidos de noiva. Agora ficou fácil escolher o seu!

Vestidos de noiva tomara que caia 2017: clássicos imperdíveis!

Foto: Carlos Aragón

1. Americana

É um tipo de gola que prende a parte superior do pescoço, deixando os braços, ombros e costas abertas. É uma das mais sensuais porque acentua as curvas naturais do corpo e ajuda a alongar a silhueta. Perfeito para noivas com seios muito grandes ou aquelas que desejam disfarçar ombros largos. É um decote realmente lindo.

Pronovias – Foto: divulgação

2. Sereia 

Um dos preferidos das noivas brasileiras e sempre presente em praticamente todas as coleções, o corte sereia nunca sai de moda. São várias as opções de modelos. Glamouroso e delicado, ajudar a valorizar as curvas femininas alongando o corpo e colocando em evidencia a zona das pernas e dos quadris. Atenção: para estar totalmente confortável, o modelo escolhido deve estar adaptado às curvas da noiva.

Vestidos de noiva com corte sereia 2017: sensualidade e glamour.

Maggie SotteroSaiba mais sobre “Maggie Sottero”
Foto: Maggie Sottero Divulgação

 3. Corte Basco

É o nome dado ao corte com a cintura em forma de V. É o tipo de corte para os vestidos com corte princesa,  já que é muito semelhante ao estilo dos padrões dos contos de fadas, sonho de muitas mulheres desde a infância. Se o seu sonho é ter um casamento digno de princesa, essa opção pode ser perfeita!

YolanCris – Foto: divulgação

4. Bolero

O bolero é o casaquinho que cobre o torso, é uma peça independente e deve ser usada por cima do vestido. Diferente de um casaquinho normal, o bolero não se abotoa. E, geralmente, fica um pouco acima da cintura. Pode ser com ou sem mangas e em diferentes materiais para adaptar-se às situações e estações do ano. De renda pode ser a opção ideal para as noivas que se casam no inverno e não querem desistir de um decote sedutor.

Assia Spose – Foto: Divulgação

 5. Corset

O vestido de noiva com corset leva, por dentro, um tipo de corpete parecido a um um espartilho que, apoiado por talas invisíveis, serve de sustentação para o vestido. Geralmente é mais colado ao corpo e com saia longa que esconde o quadril. Este tipo de decote valoriza muito o busto.

Sottero e Midgley – Foto: Divulgação

 6. Decote Ilusão

Provavelmente você já ouvir falar ou já viu esse modelo em alguma publicação, pois é uma das últimas tendências em decotes de vestido de noiva, presente nas principais coleções de estilistas em todo mundo.

Como o próprio nome sugere, trata-se de vestidos de noiva com um tule transparente no decote dando a ilusão do fim do decote. Se usa muito para rendas nas mangas e também para decotes muito profundos nas costas, dando a sensação de que essa parte do corpo está totalmente exposta. É uma maneira elegante de dar sustentação ao vestido.

Vestidos de noiva com decote ilusão 2017: selecionamos os mais fantásticos!

Jesus Peiró – Foto: Bracelona Bridal Week Divulgação

7. Corte Império

Inspirado na Grécia antiga, o destaque desse modelo está na parte superior e sua grande vantagem é que não marca o corpo. Como o corte começa imediatamente após os seios, é o modelo ideal para quem tem seios fartos. Muito elegante, geralmente o tecido da saia desliza suavemente até o chão.

Vestidos de noiva com Corte Império 2017: um clássico perfeito para todas!

Ana França Alta CosturaSaiba mais sobre “Ana França Alta Costura”
Ana França Alta Costura – Foto: divulgação

8. Linha A

É um dos modelos mais populares entre as noivas, talvez por suas diversas possibilidades de ajustes e silhueta simplese por ser muito favorecedor. Cintura marcada e saia volumosa que nos remete a letra A. O primeiro estilista a lançar foi Christian Dior em 1955 e hoje possui varias versões, com ou sem alças. Favorece a maioria das silhuetas femininas!

Maggie SotteroSaiba mais sobre “Maggie Sottero”
Maggie Sottero – Foto: Divulgação

9. Macramê

Ainda não muito conhecido no Brasil, trata-se de um vestido feito com uma trama de fios, que vem da antiga arte de tecer fios e cordas com dois tipos de nós. É uma excelente opção para casamentos boho chique ou com inspiração hippie.

Alessia Baldi – Foto: divulgação

10. Midi

Esse modelo, também chamado de vestido curto, vai até o joelho, não ultrapassando os tornozelos. Trata-se de uma reminiscência dos anos 50, quando a minissaia ainda não tinha sido inventada. Por isso, para algumas noivas se destaca por seu toque retrô.

Vestidos de noiva curtos 2017: elegantes, confortáveis e alegres!

Justin AlexanderSaiba mais sobre “Justin Alexander”
Foto: Justin Alexander Divulgação

 11. Off Shouder

Off Shouder, por aqui mais conhecido como ombro a ombro. Trata-se de um modelo clássico que voltou à moda. Alonga e valoriza o colo, porém, deve-se estar atenta na escolha, pois algumas modelos podem limitar os movimentos da noiva. Outra dica é não exagerar nos acessórios para não carregar o visual. Muitos modelos, com destaque no corte sereia, valorizam o corpo da noiva. Sensualíssimo! Especialmente se a parte superior do vestido é de renda e abre para um decote profundo nas costas.

Pronovias – Foto: Divulgação

12. Plissado

Plissado, como o próprio nome sugere, é um modelo em que o tecido contém dobras permanentes em relevo feitas por um sistema mecânico ou químico. As marcas podem ser: lineares, radiais ou verticais. As mais utilizadas são as verticais, que ajudam a dar movimento ao vestido e suavizar as formas. É um modelo sofisticado e ao mesmo tempo clássico e romântico. Muito indicado para noivas que querem aparentar mais altas e mais longilíneas. Tenha cuidado na escolha da saia, as mais retas são as mais aconselhadas. Alguns modelos podem, inclusive, causar o efeito contrário, apresentar volume onde não existe.

Foto: Divulgação Pronovias

Se a sua opção é um vestido totalmente customizado, leia: Como se faz um vestido de noiva sob medida? As estilistas respondem!

Contate as empresas mencionadas na matéria:

Gostou deste artigo? Compartilhe

Mais informação

Deixe seu comentário

Crie gratuitamente o site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa no Zankyou?
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 20 países. Mais informação