Para cada tipo de corpo, um vestido de noiva ideal: dicas da Carol Hungria!

Não adiante você amar uma saia rodada super volumosa e mangas bufantes se você é baixinha e tem uns quilinhos a mais. Ou sonhar com aquele vestido de noiva tomara que caia se o seu busto é muito grande.

Para cada tipo de corpo, existe um tipo ideal de vestido de noiva e é o que vamos saber hoje, com algumas das dicas da Carol Hungria no seu Guia Atemporal das Noivas com Estilo.

Atelier Carol Hungria
Atelier Carol Hungria – Foto: Carol Cattan

Magras

Se você é magrinha e tem pouco busto, use e abuse de decotes mais fechados, como canoa, ombro a ombro ou cava americana. Se o seu busto é mais volumoso, invista em decotes em V, coração e tomara que caia. Em relação à saia, um modelo com corte sereia ou princesa podem ser o modelo perfeito!

Magras e altas

As grandes sortudas, que podem usar praticamente todos os modelos! Tanto vestidos mais ajustados, como fluidos podem ser ideais – no caso destes últimos “parece que a saia é ainda mais esvoaçante. Esse efeito é resultado do comprimento mais longo saindo da cintura, que aumenta a altura da roda da saia“. A única dica é: se a noiva for muito alta pode usar um sapato mais baixinho para não ficar muito maior que o noivo e os convidados.

 Como escolher o vestido de noiva de acordo com o estilo do casamento: Carol Hungria responde!

Atelier Carol Hungria
Atelier Carol Hungria – Foto: Alessandra AG2

Magrinhas de baixa estatura

A dica é clara: cuidado para não “desaparecer” na entrada da igreja. Um modelo muito simples pode deixá-la muito apagada e o oposto, também é perigoso – “pode ser engolida por uma saia muito rodada”. Fuja dos vestidos com corte sereia e aposte por um vestido com barra fluida e sem muito volume na cintura.

Gordinha

Marcar bem a cintura é essencial para mostrar uma silhueta mais afinada. “Abrir uma saia em A desde a cintura disfarça a barriga e alonga o corpo, destacando apenas a saia, sem mostrar o que tem por dentro”. Usar um bom decote em V ou tomara que caia com alças ou mangas transparentes também podem ser boas opções. Mangas 3/4 alongam a silhueta e a casquinha também pode ficar linda. A melhor dica? “Fuja de modelos muitos fechados no colo”!

Como saber que tecido usar no vestido de noiva? Carol Hungria responde!

Atelier Carol Hungria
Atelier Carol Hungria – Foto: Thrall Photography

Gordinhas e altas

Recortes na direção do quadril e estruturas bem alongadas com modelagens recortadas na cintura, deixando a perna mais longa. “Para completar, uma saia esvoaçante ou com um volume bem natural em forma de A para alongar e afinar”.

Gordinhas e baixinhas

Uma das mais limitadas na hora da escolha do vestido de noiva. “O segredo é ter em mente formas de alongar”. Segundo Carol, a silhueta em A pode ser uma excelente opção. “O ideal é não ter recortes para não dividir a pessoa ao meio e correr o risco de diminuir sua altura ou salientar muito a barriga”. Os modelos proibidos são o sereia ou o semi sereia que encurtam e engordam se você é mais baixinha e cheinha.

Atelier Carol Hungria
Atelier Carol Hungria – Foto: Elena Bau

Ampulheta

Silhueta super feminina e linda “mas é importante tomar cuidado para não marcar muito o corpo e ter um efeito vulgar, em vez de sensual.” Os sereia ou semi sereia podem ser os eleitos, assim como modelos mais ajustados em cima e com volume embaixo.

Essas são algumas dicas da Carol Hungria para alguns tipos de mulheres. Mas se você quer saber mais e todos os detalhes, consulte o Guia Atemporal das Noivas com Estilo e seja a noiva perfeita no seu grande dia!

Contate as empresas mencionadas na matéria:

Gostou deste artigo? Compartilhe

Mais informação

Deixe seu comentário

Crie gratuitamente o site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa no Zankyou?
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 20 países. Mais informação