10 coisas que talvez você não tenha reparado no casamento de Harry e Meghan

No último sábado, todos estávamos grudados na televisão e nas redes sociais, seguindo minuto a minuto o casamento de Harry e Meghan. Se assim como nós, você também estava esperando esse acontecimento há meses, com certeza você não deixou escapar nenhum detalhe sobre o vestido da noiva, os fascinators espetaculares das convidadas, as palavras de amor que Harry dedicou à sua esposa e as reações de cada um dos convidados do casamento real.

A cerimônia foi repleta de simbolismo, e Harry e Meghan planejaram cada detalhe com muito cuidado. Apesar de ter que seguir o protocolo da casa real, foi possível ver que Meghan decidiu grande parte do casamento. Desde a escolha do bispo, Michael Curry, que fez um lindo sermão cheio de energia e emoção, até o coral Gospel, que ao cantar “Stand by me”, deu um toque de personalidade da noiva ao protocolo britânico e honrou a ascendência afro americana da agora Duquesa de Sussex.

Mas por mais que você não tenha perdido um só segundo do casamento, com certeza você não deve ter reparado em todos os detalhes. Por isso, te mostramos neste post as 10 coisas mais surpreendentes que talvez você não tenha reparado no casamento de Harry e Meghan!

Os vestidos de Meghan foram desenhados por mulheres

Fiel ao seu espírito feminista, Meghan escolheu duas estilistas mulheres para criar seus vestidos de noiva. O primeiro, um vestido com decote canoa, confeccionado em seda mikado delicada, desenhado pela recém-nomeada diretora criativa de Givenchy, Clare Waight Keller. O segundo, um moderno vestido (também) minimalista, com decote halter, com a cara de Meghan, desenhado por Stella McCartney.

O significado do véu

O véu levado por Meghan media quase 5 metros de comprimento e estava carregado de simbolismo. O tule tinha um bordado de flores que formavam “um conjunto com flores que representavam cada um dos 53 países da Commonwealth”, de acordo com o Kensignton Palace.

A placa do Jaguar não era qualquer uma

Durante a tarde, os Duques de Sussex ofereceram uma segunda recepção para apenas 200 convidados, entre eles os amigo mais próximos e a família real. Para chegar à esta recepção, os noivos subiram a bordo de um Jaguar conversível, com uma placa escrito  “190518”,  data do casamento.

Um bispo moderno

Para o grande sermão da cerimônia religiosa, Meghan e Harry escolheram o bispo Michael Curry. “Devemos descobrir o poder do amor, o poder salvador do amor. E quando o fizermos, seremos capazes de transformar este mundo velho em um novo mundo. O amor é o único caminho”. Com estas palavras de Martin Luther King, o bispo emocionou ao Príncipe Harry. Seu discurso foi um sopro de ar fresco, frente à rigidez que costuma estar presentes nos casamentos reais. Michael Curry é o primeiro afro americano escolhido para dirigir a Igreja Episcopal nos Estados Unidos e  é conhecido por suas ideias modernas e revolucionárias dentro da Igreja. Com certeza ele não foi escolhido para estar ali por acaso. Este gesto nos lembra um pouco as atitudes da Lady Di, não é mesmo?

O “algo azul” de Meghan era da mãe de Harry

E falando da Lady Di, temos que falar mais uma vez que da joia escolhida por Meghan para o “algo azul” do seu segundo look de noiva. O anel cor água marinha usado por ela no dedo anelar foi um presente de Harry. Seguindo a tradição da família real, Harry presenteou Meghan com uma das joias da coroa, e decidiu que a joia seria uma que pertenceu à sua mãe, a Diana de Gales. Se trata de um anel cheio de significado, uma vez que foi a própria Lady Di que comprou, depois do seu divórcio com o Príncipe Charles, outra mostra do empoderamento feminino.

A mãe da noiva nos deu um exemplo de força e elegância

Como sabemos, poucos convidados foram realmente escolhidos por Meghan para o seu casamento com Harry. Não podemos esquecer que um casamento como este também é um compromisso social por parte da família real, que Meghan teve que respeitar. Este fato, somado à ausência de seu pai que sofreu um infarto poucos dias antes do evento, fez com que Meghan estivesse praticamente sozinha, mesmo em uma igreja lotada de convidados.

O único membro da sua família, foi sua mãe, Doria Ragland, que mostrou elegância e força enquanto presenciava o casamento da filha, sozinha, sentada na capela central. Doria tentou conter as lágrimas de emoção em diversos momentos, e sem nenhum membro da família como acompanhante, o Príncipe Charles foi um verdadeiro cavalheiro e caminhou ao seu lado durante a saída da Igreja.

Um casal diferente

Sem dúvida Harry e Meghan formam um casal diferente. Harry sempre foi o príncipe rebelde da família real britânica, fugindo dos convencionalismos e das regras estritas da casa real e Meghan encontrou sua alma gêmea, uma atriz de origem afro americana, que luta pelos direitos da igualdade e carrega a bandeira feminista por onde passa.  A personalidade de ambos esteve refletida no casamento e é possível ver essa diferença se pensamos em como foi o casamento do seu irmão William com Kate Middleton. Harry não deixou a multidão esperando e mostrou seu amor por Meghan publicamente, não apenas com seu primeiro beijo frente à multidão, mas também com um segundo beijo enquanto cumprimentavam o público.

HRH Prince and Princess Henry of Wales!

A post shared by Meghan Markle (@hrhofsussex) on

As ex do noivo foram convidadas

Parte desta modernidade e rebeldia de Harry, fez com que convidasse a duas das suas ex namoradas ao casamento com Meghan. Isso pode parecer um pouco estranho para muitas pessoas, mas quando falamos de Harry, essa atitude mostra o respeito e carinho que tem por ambas. Mesmo assim, as duas ex namoradas foram alvo de memes e críticas por comparecer ao casamento em que uma delas poderia ter sido a noiva.

Chelsy Davy #princeharryexgirlfriend

A post shared by @ difasmagstanbul on

 

Os pajens eram mini Harrys

Os pajens e daminhas foram o toque fofo do enlace. As meninas usaram vestido branco com um coroa de flores, carregando um buquê muito parecido ao da noiva. Já os meninos, vestidos com um traje igual ao de Harry, pareciam mini clones do príncipe.

Onde está o bebê?

Na foto da família real, na saída da Igreja, faltava um membro real. Poucos perceberam, mas o pequeno Príncipe Louis, o filho recém-nascido de William e Kate, não esteve presente no casamento.

Com certeza o casamento real deu o que falar. Com a chegada de Meghan à família real, vemos grandes mudança pela frente. Esperamos que ela tenha liberdade para lutar por seus ideais e continuar com parte do legado deixado por Lady Di.

Mais informação sobre

Deixe seu comentário

Tatuagens para casal: amor à flor da pele!
Tatuagens para casal: amor à flor da pele!
Vários casais buscam na tatuagem uma forma de eternizar o seu amor! Se você já pensou sobre esse tipo de arte, mas ainda não decidiu o que fazer, veja algumas sugestões de tatuagens para casal.
Foto via Cordon Press
Casamento de Harry e Meghan: confira todos os detalhes do enlace mais esperado de 2018
"Era uma vez..." Podemos começar a contar assim o que foi, e muito provavelmente será, o casamento de 2018. Confira todos os detalhes!
Convidados do casamento real: os melhores looks do enlace de Harry e Meghan
Convidados do casamento real: os melhores looks do enlace de Harry e Meghan
Não só de look da noiva (e do noivo) vive um casamento. Os looks dos convidados do casamento do Príncipe Harry e Meghan também estavam sob a mirada de todos e, como era de se esperar, não nos desapontaram. Confira nossa seleção com os mais bem vestidos!

Crie grátis um site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar no Zankyou!
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 23 países. Mais informações