14 mulheres de séries de televisão que quebraram com os estereótipos: Amamos!

Pouco a pouco, as mulheres têm tomado para si o poder e a relevância que sempre deveriam ter tido. Apesar disso, no âmbito do cinema e da televisão, os homens seguem ostentando a maior parte dos papéis. Por sorte, as personagens femininas estão se destacando e, cada vez mais, encontramos maravilhosas atuações personificadas por mulheres incríveis. É sobre isso que vamos falar agora: 14 mulheres de séries de televisão que quebraram com os estereótipos. O próximo passo é a igualdade salarial dessas atrizes espetaculares!

Todo poder às mulheres! 6 tipos de mulheres BEM atuais: qual é o seu?

collage 2

Carrie Mathison (Homeland)

Indomável, inteligente, com caráter, valente… Os adjetivos dedicados a esta personagem interpretada por Claire Danes, não são suficientes. Ela não tem nada a ver com as mulheres frágeis do cinema de outrora. Nem com as angelicais princesas que a Disney nos vendeu em seus primeiros filmes. Carrie levou sua voz musical até a CIA, trabalha diretamente em zonas de conflito, desenvolve estratégias, é fria e ponderada quando precisa… Ainda que tenha um ou outro probleminha aqui e ali, ninguém pode com ela. Nem homens, nem mulheres a intimidam.

carrie mathison

Claire Underwood (House of Cards)

Robin Wright interpreta Claire Underwood, a mulher de Frank Underwood, um político que, pouco a pouco, vai escalando a hierarquia do governo americano, usando métodos pouco ortodoxos. Ela, que o ajudou a maquinar esse caminho ao poder, ganha importância com o passar das temporadas e começa a se desvincular de seu marido, mostrando que tem força, poder, inteligência – e é tão destemida e ambiciosa quanto Frank. Ninguém é capaz de frear uma mulher com essas características. Fica a pergunta: até onde ela chegara?

Gosta muito de filmes e series? Veja então Decoração da primeira casa: 11 séries e filmes super inspiradores!

University of Alaska Fairbanks house of cards leaving swagger breaking up

Daenerys Targaryen/Khalessi (Game of Thrones)

Um referencial do novo século, esta mulher busca honrar sua família e, sobretudo, recuperar o trono que é seu por direito. Para isso, será capaz de entrar em combate com seu irmão, colocar “os pingos nos i’s” com seu selvagem marido, recrutar soldados de toda índole, lutar por justiça, mostrar sua mão de ferro diante das adversidades e, acima de tudo, portar-se como uma futura rainha que governa com inteligência e também sabe ouvir seus súditos. Pelo caminho, lutará, se queimará, dominará dragões, enfrentará todo tipo de inimigo e mostrará, a todo momento, o seu valor.

Os 19 casais do cinema e da TV que vão fazer você querer CASAR agora!

Game of Thrones fire hbo emilia clarke daenerys targaryen

Lady Sybil Crawley (Downton Abbey)

A caçula dos Crawley já começa a série mercando presença. Apesar de pertencer a uma família britânica aristocrática, questões sociais como a defesa dos direitos das mulheres sempre pulsaram em seu sangue e a fizeram participar de reuniões de militância feminina. Ainda que não fosse necessário, por ter nascido em berço de ouro, Sybil sempre demonstrou sua vontade de arrumar um trabalho, e chocou a família quando se apaixonou pelo próprio motorista. Para quebrar com tantos paradigmas, ela deverá enfrentar a tradicional família Crawley e colocar seus desejos acima das questões de classe e gênero vigentes. Um exemplo de mulher para a época!

Levanta a bandeira da igualdade de direitos? Conheça 6 comportamentos libertadores que os homens precisam experimentar já!

rose leslie

Selina Meyer (Veep)

Ainda que Hillary Clinton não tenha alcançado o ambicioso posto do salão oval da Casa Branca, Julia Loius-Dreyfus, caracterizada como Selina Meyer, conseguiu em Veep. A série de sucesso da HBO conta as aventuras e desventuras desta mulher desde o início da sua jornada como uma improvável vice-presidente, passando pelo cargo de senadora, até alcançar a presidência. Tendo a inteligência e o humor como estandartes de sua filosofia, esta mulher deixará a América (e todo o mundo) perplexa.

oh veep selina meyer julia louis dreyfus oh wait

Alicia Florrick (The Good Wife)

A protagonista de The Good Wife da um giro de 360º na sua vida, depois de ser humilhada pelo escândalo sexual de seu marido, o afamado político Peter Florrick. Agora, como uma mulher renovada, que abandona o seu papel de mulher-enfeite, deverá tomar as rédeas de sua própria vida e escolher seu próprio caminho, mostrando-se independente e segura de si, apesar dos altos e baixos dessa travessia. Para isso, retoma sua carreira de advogada e luta para sobreviver em um mundo cheio de tramoias.

alicia florrick

Hannah Horvath (Girls)

Um ícone do feminismo graças a visão que Lena Dunham está dando da mulher em seus papéis como atriz, diretora e porta-voz de mensagens em defesa das mulheres. Sua personagem em Girls se mostra naturalmente como uma mulher real, distante dos cânones de beleza estabelecidos pela sociedade superficial. Por isso, ela e seu séquito aparecem habitualmente desnudas sem estridências, como estaria qualquer pessoa em sua casa. As personagens aparecem da forma mais natural possível, nas mais diversas situações, desde as sexuais às mais banais do dia a dia. Mulheres verdadeiras, né?

dancing girl girls hbo lena dunham

Piper Chapman (Orange is the new black)

Ainda que Piper Chapman tenha crescido em uma boa família, a vida a levou para outro caminho. Ela fez algumas loucuras e, depois de um tempo, quando finalmente assenta sua vida, acaba sendo presa por um delito cometido no passado. A ponto de se casar com um homem, sua passada pela prisão volta a mudar sua vida, ainda que, desta vez, de forma considerável. Não só volta a se envolver com uma mulher (já havia acontecido antes com a principal culpada pelo delito que a fez ir parar na cadeia), como galga seu espaço em um terreno hostil, por pura sobrevivência. De mulher frágil à guerreira, desviando dos que a querem limar, vai tentando deixar para trás a imagem da novata inexperiente.

piper chapman

11 (Stranger Things)

A heroína de 2016 e do resto da década. Graças a Stranger Things podemos ver uma menina fazer história junto de seus companheiros, com o máximo de poder em suas mãos. Por isso, quase todos a veneram. Ainda que o preconceito apareça aqui e ali, pois a série se passa na década de 80, pouco a pouco, todos se rendem a esta garota fantástica que, além disso, se apresenta com uma aparência meio andrógena (ela tem a cabeça raspada!) para lutar contra o sexismo. Fora da série, a atriz Mollie Bobby-Brown também está se tornando um grande ícone.

stranger things eleven elle determined millie brown

Virginia Johnson (Master of Sex)

Baseada em uma história real, a série Master of Sex narra o caminho que os doutores William Masters e Virginia Johnson seguiram para fazer um estudo da sexualidade. Assim, Johnson não só conseguiu explicar conceitos como o orgasmo múltiplo feminino e outros assuntos sexuais, como contribuiu com a valorização da imagem da mulher agregada às qualidades como inteligência e perspicácia, em uma época (anos 50) em que a mulher seguia sendo submissa e dependente aos homens.

Veja também 9 filmes de casamento incríveis e atemporais: você vai querer casar já!

Showtime lizzy caplan masters of sex virginia johnson i can fix it

Kate (Lost)

Embora Lost já tenha acabado, Kate era a personagem feminina mais importante. Destacava-se por sua garra, capacidade de sobrevivência, sua força física e psíquica… No que diz respeito aos homens, sua posição também era forte. Não recuava e nem se deixava dominar. Uma mulher real, que sangrava e suava sem filtros por parte da produção da série. Neste sentido, Kate, Jack ou Sawyer eram tratados da mesma forma, sem que o sexo privilegiasse nenhum deles.

lost evangeline lilly ka kate austen lostedit

Mindy Lahiri (The Mindy Project)

Outra médica – desta vez, ginecologista – abre caminho em um universo de homens, graças a seu talento, gênio e modus operandi na solução de problemas. Além disso, a personagem, puxando uma veia cômica (a criadora, Mindy Kaling, é uma atriz com repertório vasto na comédia), conseguiu estabilidade pessoal e profissional invejáveies.

HULU tv fox confused the mindy project

Liz Lemon (30 Rock)

30 Rock é a série em que esta personagem, criada e interpretada por Tina Fey (ela é a idealizadora da série) quebra com o padrão imposto à mulher pela sociedade. Solteira, com seus 40 anos, desajeitada e pouco glamurosa, mas sendo chefe de um grupo de roteiristas do programa para o qual trabalha, Lemon se torna uma excelente profissional, levantando a engenhosidade e o êxito como suas principais bandeiras.

30 rock tina fey thumbs up liz lemon

Olivia Pope (Scandal)

Ainda que a série não seja nada de outro mundo, sua temática prende a atenção e sua protagonista é uma das poucas protagonistas negras da televisão atualmente. Esse desequilíbrio segue presente em Hollywood mas, pouco a pouco, muitos artistas estão alçando a voz e promovendo a necessária diversidade dentro do cinema e da TV. Neste caso, Olivia Pope se encarrega de conduzir crises que podem afetar a imagem de grandes celebridades, como o presidente dos Estados Unidos. Seu relevante papel, ainda que moralmente duvidoso, é de um poder inquestionável.

scandal done kerry washington olivia pope handled

Elas estão mudando a televisão porque são um reflexo da sociedade. Mas ainda falta muito por fazer e são vocês, as mulheres reais, que devem seguir seus exemplos. Veja ainda os Direitos das Mulheres: 20 exemplos de verdadeiras lutadoras!

* Post publicado em 04/03/2017. Post republicado em 13/08/2018.

Deixe seu comentário

Model Kate Upton (L) and Major League Baseball pitcher Justin Verlander (R) pose at the Los Angeles County Museum of Art (LACMA) Art+Film Gala in Los Angeles, October 29, 2016. REUTERS/Danny MoloshokCODE: X01907
Kate Upton, a mulher mais sexy do planeta, se casou!
O jogador de beisebol Justin Verlander e a modelo Kate Upton disseram o "sim, eu aceito" em uma linda cidade italiana.
(L-R) Justin Theroux and Jennifer Aniston arrives at "The Leftovers" Season 3 Los Angeles Premiere held at the Avalon Hollywood in Hollywood, CA on Tuesday, April 4, 2017. (Photo By Sthanlee B. Mirador) *** Please Use Credit from Credit Field *** *** Local Caption *** 19963010
Jennifer Aniston, nossa eterna Rachel, será mãe aos 48 anos!
A atriz e Justin Theroux optaram pela barriga de aluguel para expandir sua família e, aliás, acabar com os constantes rumores sobre a maternidade.
Conheça as marcas de luxo que se recusam a trabalhar com modelos extremamente magros
Conheça as marcas de luxo que se recusam a trabalhar com modelos extremamente magros
As multinacionais da moda LVMH e Kering estabeleceram um código ética e se recusam a trabalhar com modelos extremamente magros, além da recusa de ter modelos menores de 16 anos. Esperamos que essa moda "pegue".

Crie grátis um site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar no Zankyou!
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 23 países. Mais informações