Amor vs Gordofobia: esta é uma emocionante mensagem que todos deveríamos ler

Amor vs Gordofobia: esta é uma emocionante mensagem que todos deveríamos ler

Uma fotografia no Instagram, que já tem quase 100.000 likes, mostra Jazzy e seu marido na praia. O marido da jovem é bastante atlético e Jazzy é uma mulher com o corpo voluptuoso.

  • Atualidade
  • Conselhos
  • International
  • Casal

Quando se fala que o amor não tem idade, raça, religião ou sexo, esquecemos um milhão de fatores que também deveriam ser reconhecidos. Como fica o peso ou o físico? É importante? A gordofobia – a discriminação de pessoas gordas – também chama a atenção quando em um casal, um tem o peso muito diferente. Por que isso continua acontecendo? Só evoluímos no que queremos?

Jazz, uma jovem instagrammer com sobrepeso, compartilhou fotografias com o seu marido na  praia. Abaixo compartilhamos a sua mensagem.

Leia também: O amor está em ações: 10 pequenos gestos que demonstram MUITO amor!

salvar
Photo : a_body_positive_jazzy

“Sei que meu corpo não é perfeito” 

Jazz se destaca por ser autêntica, realista, orgulhosa e, acima de tudo, corajosa. Não deveria ser assim, a sociedade, contaminada com os “estereótipos perfeitos”, nos obrigada a utilizar estas palavras para definir as pessoas sem complexos.

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Há três semanas, a jovem publicou uma fotografia dela e seu marido na praia. Nela, se pode observar o corpo de Jazz, mais voluptuoso que o associado para o injusto estereótipo. Ele, por sua vez, mostra uma imagem atlética e muito trabalhada com exercícios físicos. Mas a fotografia vem acompanhada com um testemunho revelador em que muitos jovens se identificaram. A postagem já conta com 100.000 likes e mais de 4000 comentários diz o seguinte:

Ano após ano, este homem amou cada curva e cada estria do meu corpo. Nunca entendi o porquê. Como podia amar algo que não é “perfeito”? Como podia um homem magro amar alguém como eu? Não tenho a barriga chapada, meu corpo se mexe quando caminho e, além disso, faz barulho se tenho que subir as escadas depressa. Mas agora sei que tenho um corpo “perfeito”! Cada ruga, cada curva e cada estria estão aqui para fazer os dois felizes. Adoro o meu corpo e, finalmente, sou consciente porque ele também adora.

Não perca:  9 regras básicas da ‘DR’ construtiva: a 4 é fundamental

A confiança em si mesmo, imprescindível!

Esta mensagem está cheia de otimismo e tem a capacidade de fazer sorrir e apertar o coração de qualquer pessoa, tenha sobrepeso ou não. Jazz é perfeita aos olhos de seu marido, porque ele a observa sem complexos. Não importam os quilos, estrias ou curvas. De fato, tudo isso faz com que a Jazz seja uma mulher atrativa para ele.

Ele já sabia e, agora, Jazz também. Sentir-se confortável com si mesmo, independente do aspecto, é o primeiro passo para a aceitação.

A mensagem de Jazz viralizou e comoveu milhões de mulheres no mundo. E não é para menos! Não é somente uma fotografia ou um testemunho, é uma filosofia de vida. Torcemos para que esta mensagem continue sendo compartilhada e mude a mentalidade das pessoas com respeito ao número marcado na balança. Afinal, este número não é mais importante que o amor!

Confira ainda: 45 coisas que TODOS os casais devem saber antes de casar!

Rihanna, vítima de gordofobia

Durante as últimas semanas, foram publicadas inúmeras notícias sobre o novo aspecto da cantora Rihanna. Ao que parece, a estrela aumentou um pouco o peso e um conhecido portal de esportes, Barstool Sports, fez a divulgação. Chris “Spags”, redator responsável pela infeliz matéria – já apagada do site –, cujo título não deixou ninguém indiferente: “Rihanna conseguirá converter a gordura em moda?”.

A publicação está cheia de referências à sua anterior imagem, enquanto o redator lamenta a mudança do físico dela e deseja que a cantora esteja grávida. O post foi muito criticado pelo teor gordofóbico e machista e, mesmo que algumas pessoas tenham apoiado o redator, a maioria se manifestou nas redes sociais e nos meios de comunicação contra esse tipo de atitude. No Zankyou, fazemos o mesmo e divulgamos a mensagem de Jazz para tentar amenizar este preconceito. Também retransmitimos a reação de Rihanna, tão genial como sempre. Ela publicou um meme de Gucci Mane, rapper que mudou de físico consideravelmente. No texto diz: “Se não pode me aceitar no Gucci Mane de 2007, você não me merece no Gucci Mane de 2017”. Ficou bastante claro.

View this post on Instagram

😢

A post shared by badgalriri (@badgalriri) on

Bailarina quebra os preconceitos

E lá na página do EXTRA no Facebook, foi publicado um vídeo bastante inspirador sobre o relacionamento da dançarina Thais Carla e do fotógrafo Israel Reis. Ela ficou conhecida como a nova bailarina da cantora Anitta e também integrou o clipe de “Paradinha”. No vídeo abaixo eles contaram sobre como superam os preconceitos. Assista:

Conheça 14 mulheres de séries de televisão que quebraram com os estereótipos!

salvarSaiba mais sobre “”
Clique para assistir o vídeo.

Aceitar a si mesmo é vital para se sentir cômodo, se amar e acabar com a discriminação. Todos deveríamos seguir sua filosofia de vida!

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!