Assessoras comentam os 7 principais comportamentos dos noivos que indicam se o casamento poderá durar ou não

Assessoras comentam os 7 principais comportamentos dos noivos que indicam se o casamento poderá durar ou não

As profissionais que mais convivem com os noivos sabem identificar com facilidade quando o casal é mais propício a enfrentar duras crises no casamento

  • Vida a dois
  • Conselhos
  • Noivos
  • Casal

Antes de qualquer coisa, deixemos claro: um casamento é feito por duas pessoas diferentes, que tem gostos e hábitos próprios, portanto, não necessariamente se encaixam em padrões predeterminados. Este post não quer ser o prenúncio de uma catástrofe amorosa, apenas levanta alguns pontos de reflexão para que casais em fase de preparação do casamento reflitam e tentem mudar aqueles comportamentos que podem, mais adiante, comprometer a relação.

salvarbrigas na preparação casamento
Foto: contenido.com.mx

E, para falar sobre esses comportamentos, nada melhor do que elas, aquelas que acompanham o casal por meses a fio: as assessoras de casamento. “Os preparativos envolvem muita ansiedade, além da organização do casamento, tem a casa nova, a saída da casa dos pais, a responsabilidade de formar uma nova família… O casal fica mais sensível e as discussões podem acontecer com mais frequência”, comentou a assessora Barbara Grion.

Assessoras ou terapeutas?

“Eu como assessora já fui muitas vezes psicóloga (rsrs!). Quantas vezes a noiva já não me ligou chorando, dizendo: ‘o noivo é um grosso, ele não participa de nada, como ele pode ser tão insensível’… Nesta hora falo que eles podem sentir e agir diferente, mas isso não quer dizer que o noivo não a ame. Digo sempre que ambos devem conversar, sempre tentando ver o lado do outro”, revelou a assessora Cinthia Rosenberg.

Mas e aqueles comportamentos que são recorrentes durante o planejamento e não há conselho que ajude? Eles são os primeiros indícios de que o casamento, que nem começou, pode não durar o esperado. Veja aqui a lista que essas duas especialistas em assessoria e cerimonial fizeram especialmente para este post:

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Veja as 7 conversas pré casamento que evitarão um futuro divórcio: a 4 é básica!

salvarbrigas na preparação casamento
Foto: diariodelaprensa.hn

1. Quando o nível de interesse dos dois é muito acentuado

Às vezes um dos noivos mora em outra cidade ou trabalha muito, por isso não participa dos preparativos como gostaria. Outra coisa é quando ele trata o assunto com indiferença. Se para casar ela não tem interesse em acompanhar o processo, imagina para dividir toda uma vida a dois.

2. Quando não há paciência com os familiares do outro

“Ter alguém da família se envolvendo nos preparativos (como a sogra, por exemplo), é um dos motivos de maiores desentendimentos”, disse Barbara Grion. Tudo bem não aceitar os mil palpites que todo mundo dá, mas ser intolerante com um membro importante da família do seu parceiro é um mal sinal para quem pretende conviver com essa pessoa por muito tempo.

salvarbrigas preparação casamento
Foto: Digital Vision RF Thinkstock via vix.com

3. Quando nunca chegam a um acordo

Divergir em algumas escolhas é completamente natural, mas nunca concordarem com nada é estranho, não? “Há casais que discutem por tudo, o tipo de festa, se será jantar formal ou finger food, dj ou banda, campo ou salão fechado. Se as brigas já começam antes do casamento, como o casal irá enfrentar tantos outros desafios e discordâncias pela frente?”, disse Cinthia Rosenberg.

4. Quando brigam na frente dos fornecedores

Casais que se respeitam, acima de tudo, não expõem o parceiro na frente de quem quer seja, principalmente de pessoas que não tem intimidade, como é o caso dos fornecedores do casamento.

Há uma grande diferença entre os dois: Como discutir e não brigar: 9 regras para crescer e aprender com as discussões!

5. Quando um dos dois é egoísta

“Há noiva(o) que impõe sempre o seu gosto, sem deixar o outro se manifestar. Quando um dos dois não sabe ceder, ouvir e, principalmente, aceitar a opinião do outro, fica difícil imaginar uma vida a dois longeva”, comentou Grion.

salvarbrigas preparação casamento
Foto: Katie Tegtmeyer via flickr

6. Quando a organização deixa de ser algo prazeroso

Imaginem vocês chegando do trabalho cansados, pedindo a boa e velha pizza com um vinho delicioso, enquanto estão juntos decidindo os detalhes do casamento. Perfeito, né?! Se no meio do caminho o processo de organização perder esse prazer, e se tornar um momento de stress, brigas e angústia, algo já está dando errado.

7. Quando esquecem que a vida segue apesar dos preparativos

Sim, apesar de parecer que o casal só vive e “respira” casamento, a rotina pode (e deve!) girar em torno de outros assuntos. “Fora os preparativos, a vida continua. Não dá para só viver de pré casamento. Não esqueça de namorar, ter um tempo para fazer outras coisas. Isso é muito importante”, finalizou Rosenberg.

Quem entende do assunto: 12 conselhos de um divorciado para você não cometer os mesmos erros dele no seu casamento!

salvarpreparação do casamento
Foto: Alexandre Bozo Fotografia

É normal estar com os ânimos à flor da pele no período de preparação do casamento, mas ponderar as atitudes e manter o equilíbrio é um exercício não só para este momento, mas para manter a saúde da relação durante toda a vida. E para finalizar: 7 sinais que indicam: a sua relação vai durar PARA SEMPRE!

Entre em contato com as empresas mencionadas nessa matéria

Cinthia Rosenberg Assessoria em Eventos Assessoria casamentos e cerimonial
Barbara Grion Assessoria e Cerimonial em Eventos Assessoria casamentos e cerimonial

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!