Demais! Casamento totalmente inspirado nas ideias cuidadosamente postadas no Zankyou

Demais! Casamento totalmente inspirado nas ideias cuidadosamente postadas no Zankyou

Comecei a acompanhar o Zankyou durante os preparativos do meu casamento. Eu e meu agora marido, conseguimos planejar e executar tudo em apenas 5 meses, ele morando em um estado e eu em outro!

  • Casamentos reais
  • Guest-blogger

Comecei a acompanhar o Zankyou durante os preparativos do meu casamento. Eu e meu agora marido, conseguimos planejar e executar tudo em apenas 5 meses, ele morando em um estado e eu em outro!

Eu era bastante avessa à seguir tradições e protocolos de casamento. Por isso, decidi que meu casamento seria o mais original possível.

salvar
Foto: lovetheschultzes.com Via Pinterest Renske Meinema

Pensando que essas ideias pudessem chegar à outras noivas e noivos que estão buscando originalidade para o seu grande dia, eu resolvi compartilhar com vocês.

1) Convite: como nosso orçamento era bastante restrito e queríamos colocar nossa criatividade em todos os detalhes, fizemos um video-convite contando a nossa história. O video foi bem alegre e gracioso e todos os que o receberam nos disseram que se emocionaram e elogiaram a nossa criatividade. E não nos custou nada fazê-lo! Para enviá-lo, criamos uma conta de e-mail específica para o nosso casamento e mandamos para cada convidado.  Veja a inspiração de vídeo convite de casamento vista no Zankyou!

salvar
Foto: Zankyou

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Como não havia convites para a entrada no lugar da festa, para evitarmos “penetras” organizamos uma lista dos convidados que deveria ser conferida pelos seguranças na portaria.

2) Vestido: eu não tenho apego nenhum à marcas ou estilistas conhecidos. E também não queria um vestido tradicional ou que é unanimidade entre as noivas. Queria algo diferente. Passei alguns dias fazendo buscas em sites de compras até encontrar o vestido perfeito para mim. Fiz os ajustes necessários e ele ficou perfeito!

salvar
Foto: Zankyou

3) Cerimônia: eu sempre quis uma cerimônia ao ar livre, ao pôr do sol, em um gramado. Algo romântico mas, ao mesmo tempo, despojado. Conseguimos um juiz de paz que faz cerimônias “humanizadas”, mas eu não queria aquele mesmo be-a-bá de sempre e nem queria algo muito longo. Então após algumas pesquisas, decidimos fazer a cerimônia da árvore. Veja mais opções de cerimônias!

A simbologia da árvore se refere ao cuidado conjunto do casal para a construção de uma família forte e que dê bons frutos. O intuito era simbolizar que, juntos, construiríamos um novo caminho. Além disso, a árvore simboliza também a família, que é um aspecto essencial nas nossas vidas.

salvar
Foto: Via Pinterest Polka Dot Bride inspiring Weddings

Além da cerimônia da árvore, nós também fizemos uma espécie de “cápsula do tempo”. Colocarmos, em um baú, alguns itens que tinham relação conosco e com o nosso casamento. Colocamos, também, votos escritos pelos padrinhos e por nossos pais, de modo que a cerimônia ficou mais interativa. Essa caixa foi lacrada perante todos os convidados e só será aberta nas nossas bodas de prata. Foi interessante que, muitos convidados, após a cerimônia, nos disseram que queriam ser convidados para as bodas para abrir a cápsula conosco!

4) Madrinhas e padrinhos: para fugir da mesmice na entrada dos padrinhos, que em geral se faz em pares ou casais, resolvi fazer as entradas no estilo americano. Primeiro as madrinhas (que estavam todas de azul, em tons diferentes, segurando bouquets) e depois os padrinhos (com terno cinza e gravata azul).

salvar
Foto: via Pinterest Virginia Farm Wedding

Para ser um pouco mais original, fiz com que os padrinhos ficassem do meu lado e as madrinhas do lado do meu marido. O efeito visual ficou bem interessante e foi uma forma diferente de organizarmos a cerimônia. Além disso, também pedi para o decorador para que providenciasse que tanto nossos pais, como padrinhos e madrinhas pudessem ficar sentados durante a cerimônia. Apesar de ter sido tudo rápido (durou cerca de 30 minutos apenas), eu imaginei que eles ficariam cansados de permanecer em pé durante todo o tempo.

5) Chuva de arroz: como eu disse, não queríamos seguir tradições, mas também não queríamos que nosso casamento ficasse completamente descaracterizado, parecendo ser apenas uma festa qualquer. Então, ao invés de chuva de arroz, de pétalas de rosa ou de bolinhas de sabão, resolvemos inovar. Tudo para nós deveria ter um significado, pois não há sentido em fazer algo apenas “por fazer”.

Com isso em mente, nosso raciocínio foi que queríamos que a “chuva” representasse os votos, desejos e boas energias dos nossos padrinhos e pais para o nosso casamento. Assim, resolvemos que faríamos uma chuva de “tsurus”, aquelas dobraduras japonesas de pássaros que significam longevidade, saúde, felicidade e boa sorte.

salvarAdriana SuzukiSaiba mais sobre “Adriana Suzuki”
Foto: Adriana Suzuki

Para reforçar a simbologia, fizemos dobraduras de cores variadas, que também possuem significados (amarelo – dinheiro, vermelho – amor/paíxão, verde – saúde etc). Deu trabalho, pois o meu marido fez aproximadamente 400 dobraduras ao longo de 3 meses, mas o efeito ficou lindo! Nas fotos, parece que os pássaros estão mesmo voando sobre nós. E os convidados também adoraram a ideia. Muitos guardaram algumas dobraduras como lembrança.

6) “Valsa”: eu sou apaixonada por dança, mas acho ultrapassado e até brega dançar “valsa” no casamento. Então decidi, com meu marido, que dançaríamos bachata, um ritmo da República Dominicana que é bem conhecido entre as pessoas que fazem dança de salão. O problema é que meu marido nunca tinha nem ouvido falar sobre esse ritmo e teríamos que começar do zero.

Achamos uma coreografia na internet e ensaiamos em casa. Colocávamos o video em câmera lenta e íamos treinando passo a passo, todos os dias. Dançamos apenas a 1a metade da música e chamamos 3 casais de amigos – que também conheciam o ritmo – para se juntarem a nós e dançarem a 2a metade conosco. Foi legal porque foi algo inesperado e fez com que a dança, além de original, ficasse mais interativa e divertida.

Confira a matéria que te conta que a dança dos noivos pode acabar em samba e até tango!

7) Kit toilete: eu acho esses kits bastante úteis, mas me apavorava com os valores que eu encontrava por aí. Assim, resolvi eu mesma fazê-los, com a ajuda da minha mãe. Compramos as caixas em MDF, as decoramos, compramos os produtos que queríamos e fizemos embalagens simples, mas bem delicadas. Assim, consegui economizar também nesse aspecto.

Inspire-se para montar o seu Kit Toillete! Veja mais Ideias para seu kit Toillete aqui!

8) Jogar o bouquet: novamente, quis fugir da tradição. Eu não queria jogar o bouquet porque eu mesma nunca fui de tentar pegar bouquets em casamento. Então, para tornar esse ritual mais divertido, resolvi fazer um “bouquet ao alvo”.

Comprei um jogo daqueles de dardos e imprimi um desenho de bouquet, que coloquei bem no centro do alvo. Em um determinado momento da festa, a cerimonialista chamou as meninas solteiras e cada uma tinha duas chances para acertar o alvo. Aquela que teve a melhor mira, levou o bouquet!

Veja 10 maneiras de se jogar o buquê do casamento!

9) Lembrancinhas: uma das razões pelas quais eu e meu marido conseguimos organizar um casamento em apenas 5 meses foi que recebemos ajuda de pessoas maravilhosas que foram como anjos para nós. A maioria delas sequer era padrinho ou madrinha. Foram amigos e parentes que se dispuseram a nos apoiar e que fizeram toda a diferença para o sucesso do nosso casamento. Assim, nós decidimos fazer uma homenagem especial à essas pessoas.

Quebramos o protocolo mais uma vez, pois ao invés de presentearmos os padrinhos, presenteamos quem realmente nos apoiou. A lembrança: compramos caixinhas em MDF e colamos, na tampa, uma foto caricaturada de cada uma dessas pessoas (conseguimos as fotos através de um aplicativo que meu noivo descobriu).

Veja as dicas para presentear suas madrinhas e para receber seus convidados em grande estilo!

Dentro das caixas, havia docinhos para cada homenageado. Os docinhos foram feitos “sob medida”. Ou seja, descobrimos qual ingrediente favorito de cada pessoa e fomos ao nosso fornecedor de doces do casamento para que ele criasse doces com esses ingredientes para cada uma dessas pessoas, de modo que cada um ganhou algo diferente.

Essas foram algumas das ideias que colocamos em prática e que fizeram bastante sucesso entre os convidados e surpreenderam até os organizadores da festa!

Texto enviado por Luiza Fachin.

Entre em contato com as empresas mencionadas nessa matéria

Adriana Suzuki Decoradores casamentos

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!