Como decorar um casamento ao ar livre em cinco passos

Você está planejando seu casamento e decidiu realizar um dos seus sonhos: casar-se ao ar livre! Mas, no momento de encarar o jogo, você descobre que decorar uma grande sala não é o mesmo que um espaço como o que você tem em mente. Aconteceu com você?

Se você não sabe como fazer tudo isso, acalme-se! Descubra como decorar o casamento ao ar livre em apenas cinco passos e aproveitar as oportunidades magníficas que ele oferece.

Vem Festa por aí – Foto divulgação

Escolha o espaço para a festa

Um casamento ao ar livre é entendido como um casamento do lado de fora, não em um espaço fechado. Ok, até aí todos concordam. Mas, o que exatamente você imagina? Normalmente, estes tipos de casamentos são realizados em grandes jardins que geralmente vêm ligados às fazendas contratadas, sejam hotéis, fazendas ou sítios, na natureza ou pavimentadas. Mas nem sempre. O conceito de open air” abrange muitas possibilidades e, ao longo dos anos, as opções se multiplicam.

Portobello Resort e Safári – Foto: Georgeana Godinho

Os espaços paisagísticos são os mais solicitados e costumam sediar o banquete e a festa, assim como a cerimônia, mas as praias estão em moda, desde que sejam solicitadas permissões que às vezes são realmente difíceis de obter. Também as florestas, as falésias e até os parques temáticos E se o casal gosta de basquete? Hoje, não há limites, e esses casais certamente seriam capazes de organizar suas núpcias no meio da quadra de basquete. Deixe sua imaginação voar!

Também é importante esclarecer se você quer uma cerimônia ao ar livre, apenas o banquete ou ambos. Às vezes, uma mistura é feita ou uma meia configuração é organizada, com a cerimônia ao ar livre e o resto das atividades em um espaço coberto mas aberto para o exterior: fazendas, celeiros, fábricas, casas de campo… Pense primeiro o que o que você quer e procure o espaço que garanta o que você quer, sem a necessidade de você se adaptar ao local.

Pier 151 – Foto: divulgação

Por outro lado, não se esqueça de uma questão realmente importante: pense em um plano B! Tente que o local ou a área onde você celebra seu casamento ao ar livre oferece opções para colocar espaços cobertos (tendas, gazebos) ou, diretamente, uma sala onde localizar os eventos. Certamente não é o seu sonho, já que você tentou organizar um casamento no exterior, mas é melhor prevenir do que remediar. Você não vai cancelar o casamento, certo?

Aproveite os elementos do ambiente

O ambiente propriamente dito irá ajustar uma boa parte do seu cenário de casamento. No entanto, há trabalho a ser feito, mesmo quando se usa elementos naturais. E não, nós não pedimos que você carregue o ambiente, mas use-o de maneira respeitosa.

Fazenda Vila Imperial – Foto: divulgação

As árvores enchem os jardins e as florestas e, no seu casamento, elas criam uma sensação única e acolhedora. Além disso, são muito práticos, pois podem ser utilizados para pendurar grinaldas de luzes e flores, lâmpadas, fitas e laços, além de receber sua própria decoração para o grande dia. O sentimento místico que as árvores criam na natureza é espetacular, desde que não seja maltratado e tratado com o maior cuidado possível.

Promolter Produções – Foto: Divulgação

A natureza, além disso, oferece superfícies muito mais autênticas baseadas em terra, folhas, palha e frutas que ajudam a incrementar o ambiente bucólico e charmoso. E, repetimos, respeitando o meio ambiente.

As flores também vêm da natureza e sugerimos que elas permaneçam em seu caráter mais natural e selvagem, ambas presas ao tecido natural e em vasos e peças centrais, dispostas de maneira irregular e organizadas à sua maneira. Também os frutos, abacaxis, folhas, galhos, arbustos e elementos que geralmente preenchem um espaço natural e mais ou menos selvagem.

Oh Lindeza – Foto divulgação

A praia é outro daqueles cenários naturais que ganham todo em casamentos ao ar livre, embora seja muito mais difícil de obter por causa das licenças e da legislação de cada ponto geográfico. Mas, em qualquer caso, aqui a natureza fala por si e oferece todo o seu potencial sem que você tenha que fazer muitas coisas. O mar está presente, fresco e cintilante; a areia, vem com o mar de séries, assim como as pedras, e serve como uma superfície de sonho para um casamento único. Se há vegetação e rochas ao redor, assim como falésias onde as ondas quebram, perfeito, pois tudo isso contribuirá para enriquecer o espaço. Finalmente, destaque a importância de escolher uma praia interessante, tanto emocional quanto visualmente, e organize a cerimônia no espaço com as maiores características estilísticas.

Insólito Boutique Hotel & Spa – Foto: divulgação

 

Prepare o espaço para a cerimônia

Nos últimos tempos, cerimônias civis (mais do que cerimônias religiosas, geralmente reservadas para os templos, embora sempre existam exceções) têm sido realizadas regularmente ao ar livre, mesmo se o banquete for organizado sob uma grande tenda ou em um salão. E é isso, aproveitando épocas como a primavera e o verão, é um luxo poder casar-se a pleno sol. Mesmo no outono ou inverno!

Cetim – Foto divulgação

Para isso, existem elementos maravilhosos capazes de elevar o encanto em seu casamento. Na decoração da cerimônia, se pode usar pérgulas com cortinas para evitar o vento e decorá-la a gosto; arcos de madeira ou rústicos sobre os quais pendem ramos, flores e pequenas luzes; ou pequenas tendas para localizar a noiva e o noivo e decoradas com flores e plantas. Além disso, use tecidos para condicionar seu casamento na praia ou em um jardim. As cortinas em pequenas estruturas refletem um estilo vintage ao mesmo tempo glamouroso.

Katia Criscuolo – Foto: Ana Junqueira

Se necessário, coloque caminhos que levem ao espaço para a noiva e o noivo, seja madeira ou tecido, ou pétalas de rosas espalhadas naquela seção especial. Lá, o altar acima mencionado, pode ser estruturado, mesas, móveis vintage, plantas, flores e tudo o que é necessário para o oficiante se casar com o casal. Acompanha o caminho das flores, frascos, pontos de luz e detalhes que combinam com o resto,

Renata Stabile – Foto divulgação

Para as cadeiras em que os convidados se sentam, prepare arcos, flores ou pequenos frascos com velas que acompanham especialmente os assentos nas extremidades. Juntamente com o tapete ou a madeira, a estrutura do altar e o cenário natural, formam um todo coerente e preparam-se para desfrutar.

Recanto dos Sonhos Chácara e Eventos – Foto: Marcio Luiz Gaiotto

Prepare a área de banquete e da festa

Embora o próprio espaço prometa deixar metade do trabalho feito, você tem que prepará-lo para que possa ser usado no contexto de um casamento. E, antes disso, lembre-se de que banquetes e festas que acontecem ao ar livre costumam ser apreciados na primavera ou no verão (ou em climas que os convidam). Além disso, é importante lembrar que os casamentos civis e religiosos podem aproveitar essa possibilidade, independentemente do que aconteceu durante a cerimônia.

Promolter Produções – Foto: Hugo Carneiro

Assim, considere na equação de seu casamento que a melhor hora para colocar o buffet é à noite, quando a temperatura é muito mais agradável e o sol não está em seu zênite. Nesse sentido, devemos contar com a presença da lua e da noite, por isso as luzes são estrelas que, além de práticas (quem quer jantar no escuro?), podem ajudar na decoração. Há muitas opções, todas ideais para semear aquela sensação romântica e natural, como um conto de fadas, que surge em casamentos ao ar livre. Use guirlandas que vão de uma árvore para outra, lâmpadas penduradas, gazebos e pérgulas, luzes de rua, lanternas e velas nas árvores e ao longo das paredes, lâmpadas de tochas asiáticos de corte, velas e lâmpadas que acompanham as peças centrais… O que melhor se adapta ao seu estilo de casamento!

Meio do Mato – Foto: Juliana Pessoa

Quanto às mesas de casamento, os casamentos ao ar livre incluem muito mais opções do que em outros tipos de celebrações. E é que o modo de país leva anos sob os holofotes e não morreu, a ponto de continuar a se levantar do tipo boho, boêmio, rústico, industrial ou mesmo popular. Em todos eles, foram incluídas mesas de todos os tipos, nas quais as toalhas de mesa começaram a ser ignoradas.

Carol Oliva Phography

Falamos de longas mesas nas quais um bom número de pessoas come, como nas cantinas alemãs, ou em volta, usando caminhos em vez de toalhas de mesa, ou uma simples placa em vez de tecidos longos. Decore com o material selvagem abundante, aproveitando a magia do ambiente com flores, folhas, galhos e nozes como elementos dominantes, bem como vela, mesa e instalações rústicas com lâmpadas muito fraca. Tudo isso contrasta com a cor da madeira, gerando uma atmosfera autêntica, rústica e muito natural.

Katia Criscuolo – Foto: Marina Lomar

Por outro lado, um casamento dessas características, se realizado em um jardim, geralmente vem com uma piscina ou um pequeno lago. Embora não seja utilizado, a maioria dos convidados irá repará-lo, por isso não pode ser negligenciada. Assim, use ornamentos exclusivos, como pétalas de rosa flutuando na água, velas e luzes que cercam a piscina ou mesmo velas flutuantes que percorrem a superfície em um exercício suave de grande poder visual. A imagem será linda e espetacular.

Galeria Jardim – Foto: Marina Fava

Escolha os melhores detalhes

Todo casamento de hoje tenta gerar um impacto diferente, ainda mais uma celebração ao ar livre. Os jardins, praias e campos de um casamento sugerem que o casal está em outro nível em termos de estilo e sofisticação. Se pode ver a sua experiência de vida, seu espírito aventureiro, sua curiosidade e sua originalidade. Portanto, os detalhes do casamento, em que alguns noivos seguem ainda sem reparar, são essenciais.

Raquel Abdu Assessoria e Cerimonial – Foto: divulgação

Para isso, o mais importante é criar ambientes. Todos serão marcados com lousas, mais ou menos rústicas dependendo do casamento, mas ideais para estruturar os espaços e orientar os convidados. Estas lousas, artesanais, ajudarão a marcar os espaços ao mesmo tempo que enriquecem visualmente o todo. Eles são colocados em fardos de palha, folhas de madeira ou atris, dando mais vida ao ambiente rústico gerado.

Cacá e Caká | Arquitetura de Eventos – Foto: Angely Ráana
Katia Criscuolo – Foto: Turquesa Filmes

Os detalhes de papelaria também são os mais interessantes neste tipo de casamento. O convite deve avançar a filosofia da celebração, neste caso ao ar livre e com grande contribuição da natureza, seja na praia, em uma fazenda, em um jardim ou em uma floresta. Ao mesmo tempo, o plano de mesa, os cardápios, os garçons e outros elementos no papel devem seguir a mesma estrutura, respeitando as tipografias simples e delicadas, os detalhes naturais e as cores suaves que enriquecem ainda mais o espírito do casamento.

Taís Puntel – Foto: Duo Borgatto

Quando um casamento é realizado ao ar livre, quase sempre adquire um toque retro graças aos móveis e objetos vintage que são manuseados, bem como o visual envelhecido e cores pastéis dos móveis. Assim, não é estranho ver itens como bicicletas antigas, máquinas de escrever, barris, caixas de madeira e caixas com flores, fardos de palha ou barracas de madeira para estações como a barra de chocolate.

Em alguns casamentos realizados ao ar livre, especialmente se eles estão localizados perto da costa e são um pouco mais despreocupados, áreas de piquenique são organizadas em que cobertores, redes e pufes são colocados para criar uma atmosfera mais relaxada. E, seguindo um conceito semelhante, relaxe em espaços com poltronas, cores preto e branco, luzes fracas e plantas para os momentos menos exigentes.

Pousada Villa Rasa – Foto: divulgação

Deixe seu comentário

Como decorar o meu casamento em 5 passos
Como decorar o meu casamento em 5 passos
Ainda não sabe como decorar o seu casamento? Siga estes 5 passos para que você possa refletir na decoração do grande dia todos os detalhes que você sempre sonhou.
Como decorar o seu casamento no outono em 5 passos
Como decorar o seu casamento no outono em 5 passos
Casar-se no outono tem um clima especial. Além de ser uma estação do ano muito romântica, ainda tem um visual característico. Confira aqui as melhores dicas para decorar o seu casamento no clima da estação.
Como escolher a data do meu casamento em 5 passos
Como escolher a data do meu casamento em 5 passos
Marcar a data do casamento é uma das principais prioridades dos noivos. Quer saber quais são os critérios básicos para acertar a data? Siga esses 5 passos e veja como escolher a data do casamento mais adequada para vocês.

Crie grátis um site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar no Zankyou!
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 23 países. Mais informações