Como escolher as datas e outros ítens perfeitos para quem quer economizar no casamento

Como escolher as datas e outros ítens perfeitos para quem quer economizar no casamento

Você quer que seu casamento seja deslumbrante, mas precisa dar uma enxugadinha aqui e ali no orçamento? Confira as dicas de quem entende do assunto!

  • Planejando o casamento
  • Recomendações
  • Econômico

“Não pense em crise, trabalhe”. Foi com esta pérola motivacional que o nosso presidente interino iniciou seu mandato no final de 2016. Agora, vá dizer isso para quem está enlouquecido, às voltas com suas planilhas de gastos com fornecedores do seu casamento… Sabemos que quando um casal está em fase de preparativos, não há trabalho que alivie o fluxo inédito de despesas reivindicado por uma festa desta importância, principalmente na atual situação financeira do nosso país. Noivas e noivos sempre estarão com os cintos apertados! Mas sabemos, também, que existem algumas maneiras de driblar o alto custo e economizar no casamento. Selecionamos alguns tópicos para você incluir no seu checklist sem perder em qualidade, seja escolhendo uma data específica ou usando alguns outros macetes. Quais? Continue lendo!

Confira também: Como organizar o casamento sem estress em 365 dias: siga esses 107 passos!

salvarMarina Maeda FotografiaSaiba mais sobre “Marina Maeda Fotografia”
Foto: Marina Maeda Fotografia

Estações do Ano

Normalmente, casamentos na primavera e no outono custam mais, enquanto os realizados no inverno são, em comparação, mais baratos. Mas isso também depende da região do país onde você mora. Casamentos na “alta temporada” podem sair mais caros por causa da competição por locais e fornecedores, enquanto cerimônias em datas de menos procura se mostram mais econômicas em termos de verba e praticidade. Mesmo assim, é possível realizar um casamento na primavera sem ir a falência.

A equipe da empresa Impactar Cerimonial dá a dica: “as sextas e domingos costumam ter valores ainda mais baixos para a contratação, devido à pouca procura, pois a grande maioria dos casais ainda prefere casamentos aos sábados”. Além do dia da semana, o horário escolhido também interfere no valor final do seu evento. “Um casamento de domingo pode ser realizado durante o dia. Desta forma é possível economizar um pouco mais, pois não haverá necessidade de contratar iluminação cênica”, arremata a equipe da Impactar Cerimonial.

Casar na praia, no campo, ao ar livre? Saiba qual é a melhor época em cada região do Brasil!

salvar
Foto: Alejandro Bergado

Meses e prioridades

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Que alguns meses são mais baratos para casar do que outros, todo mundo já sabe. Mas há outras questões por trás desta afirmação – e que vão muito além da lei da “oferta e procura” – que não nos permitem, simplesmente, fazer uma lista de datas e encerrar o assunto. Todas as épocas do ano possuem suas vantagens e desvantagens e o que importa na hora de escolher qual mais se adapta às suas necessidades é eleger as prioridades do casal. Mesmo assim, focaremos nos meses de baixa temporada – pulando os mais concorridos – salientando as vantagens e desvantagens de cada um.

Quais são os melhores meses para casamento no Brasil? Descubra quais são os mais concorridos!

salvarRicardo Hara FotografiaSaiba mais sobre “Ricardo Hara Fotografia”
Foto: Ricardo Hara Fotografia
  • Janeiro: Um dos meses menos procurados – por ser muito quente e chuvoso – facilita a contratação de fornecedores na data desejada e a negociação de bons preços por serviços de alta qualidade. A alta demanda de flores da estação também viabiliza uma decoração floral abundante por valores acessíveis. Ideal para casamentos noturnos em locais cobertos (e arejados). Mas atenção! O que se economiza na festa pode ser compensado em gastos com a lua de mel.
  • Fevereiro: Ainda há chuva e muito calor, por isso oferece as mesmas vantagens de janeiro. Quem opta por se casar em fevereiro deve prestar atenção para que sua festa não coincida com o feriado do carnaval, a menos que tenha escolhido uma celebração intimista, envolvendo poucas pessoas – uma ótima pedida para reduzir gastos e ter um casamento lindo! A produtora de eventos Thaís Esmerini, da empresa Princess Assessoria, acrescenta que “entre fevereiro e abril, você tem flores maravilhosas e como a procura por esses meses é menor, os fornecedores oferecem bons descontos”.
salvar
Foto: Vitor Barboni Wedding Photographer

 

  • Março: Além de ser um mês pouco disputado para casamentos, também é uma época de baixa temporada para o turismo, tanto para viagens nacionais quanto internacionais, barateando bastante a lua de mel. O clima fica mais ameno, mas ainda ocorrem muitas chuvas. É um mês de orquídeas abundantes e mais em conta.
  • Maio: Clima agradável e fim das chuvas. Muitos fornecedores disponíveis e dispostos a negociar. Para quem sonha com uma lua de mel na Europa, o fim da primavera é delicioso e considerado baixa temporada para o turismo, sendo possível fazer uma viagem incrível por valores amigáveis. Em decorrência do dia das mães coincidir com este período, o preço das flores fica exorbitante, mas o clima de maio possibilita casamentos ao ar livre, que dispensam grandes quantidades de flores na decoração.

Aprenda como organizar um casamento no jardim: 9 dicas básicas e imprescindíveis!

salvarWagner Oliva FotografiaSaiba mais sobre “Wagner Oliva Fotografia”
Foto: Wagner Oliva Fotografia
  • Junho: Também é um mês de baixa temporada e bons negócios, tanto para o casamento quanto para a lua de mel. Frio e chuvoso, combina melhor com casamentos em ambientes fechados. Possibilita oferecer, na recepção, um jantar a base de massas, que é delicioso, aconchegante e mais em conta; e bons vinhos. É o mês em que as tulipas estão no seu auge!
  • Julho: A assessora de casamentos Barbara Grion acredita que, assim como no caso de agosto, é o frio que desanima as noivas para fechar um casamento em julho. “Em decorrência da baixa procura, é um mês em que os espaços e buffets oferecem bons descontos”, esclarece Bárbara. Sendo assim, julho oferece as mesmas vantagens de junho, exceto para a lua de mel, que coincide com as férias escolares, tanto no hemisfério Sul quanto no norte do planeta.
salvarBarbara GrionSaiba mais sobre “Barbara Grion”
Barbara Grion | Foto: Ivan Silva Fotografia
  • Agosto: Rodeado de superstições, o “mês do cachorro louco” espanta muitas noivas, fazendo com que os fornecedores fiquem disponíveis neste que é o mês mais longo do ano – pois não possui nenhum feriado. Ainda está frio, mas não há mais chuvas.
  • Novembro: Também é um mês pouco procurado. Suas vantagens são o clima de final de ano batendo à porta, o horário de verão e a primeira parcela do décimo terceiro caindo na conta dos noivos. É preciso prestar atenção à possibilidade de chuvas, que voltam a cair em novembro, por isso, quem planeja uma festa ao ar livre não deve economizar em cobertura!

Veja como fazer um casamento ao ar livre em harmonia com a natureza e sem sustos!

salvarMarina Maeda FotografiaSaiba mais sobre “Marina Maeda Fotografia”
Foto: Marina Maeda Fotografia

Outras dicas

Além da escolha das datas, existem outros pequenos detalhes que podem ser observados na hora de dar uma enxugada em sua famigerada planilha. Isso não quer dizer que você terá que abrir mão das coisas que considera realmente importantes ou irá baixar as suas expectativas quanto ao padrão de qualidade estipulado para o seu casamento. Fizemos uma lista contendo alguns pontos que podem te ajudar. Veja a seguir:

Saiba como reduzir a lista de convidados do seu casamento sem sofrer!

salvarAnderson Crepaldi FotografiaSaiba mais sobre “Anderson Crepaldi Fotografia”
Foto: Anderson Crepaldi Fotografia

Contrate uma assessoria

Mas o foco aqui não é economizar? Sim! E é justamente este o fornecedor chave para te ajudar a fazer os melhores negócios com os melhores fornecedores sem que você tenha que abrir mão de nada que tenha idealizado para o seu casamento. Um assessor de casamentos têm uma lista gigantesca de contatos com fornecedores que se encaixam em todos os estilos e bolsos, com qualidade comprovada e com os quais ela saberá negociar se for preciso. A assessoria de casamento é um investimento indispensável e do qual você não irá se arrepender, pelo contrário, ele irá te prevenir de arrependimentos futuros.

Cerimonialista e Assessoria de Casamento: qual a diferença?

Planeje-se com Antecedência

Começar o planejamento com um ano de antecedência é o ideal. A equipe da Impactar Cerimonial explica: “Planejar com antecedência é a chave pois o casal terá mais tempo de se programar financeiramente e ir pagando aos poucos.”

Cerimônia e a festa no mesmo local

Inúmeros salões, chácaras, hotéis e restaurantes oferecem infraestrutura completa para acomodar as duas celebrações no mesmo local. Você vai economizar em decoração e deslocamento de alguns fornecedores e ainda vai ganhar em praticidade e tempo para aproveitar a festa. “A escolha do local interfere muito no custo da decoração”, conta a equipe da Impactar Cerimonial, “para quem deseja economizar, o ideal é optar por locais que já possuem mobiliário próprio e, de preferencia, com áreas verdes e jardins, pois o investimento em flores será menor”, arremata.

Confira nossa seleção de locais para casamento no Brasil em 2017: lindos e para TODOS os estilos!

salvarFoto Divulgação Casa das Canoas
Foto Divulgação Casa das Canoas
salvarImpactar CerimonialSaiba mais sobre “Impactar Cerimonial”
Impactar Cerimonial | Foto: Divulgação

Cerimônia

Existem algumas maneiras de reduzir o orçamento quando se planeja a cerimônia do seu casamento. Seguir um ou mais destas conselhos não significa ter um casamento menos elegante ou comprometer o conforto de seus convidados.

  • Cartório: Levar o juiz de paz ao local da cerimônia acarreta em um custo extra. Para evita-lo, os noivos podem realizar o casamento civil no cartório uns dias da cerimônia religiosa.
  • Capelas: Se a sua lista contar com poucos convidados, considere realizar a cerimônia religiosa em uma capela. Além de ser mais econômico, é super charmoso!
  • Decoração compartilhada: Procure uma igreja que realize mais de uma cerimônia por turno (manhã, tarde, noite), desta forma é possível dividir os custos de decoração com as outras noivas que se casarão nos horários próximos ao seu.

Vestido de noiva para casamento no civil 2017: escolha o seu!

salvarAnderson Crepaldi FotografiaSaiba mais sobre “Anderson Crepaldi Fotografia”
Foto: Anderson Crepaldi Fotografia

Flores frescas

Esta informação já ficou implícita em outros tópicos – quando falamos sobre os meses e as estações do ano – mas não custa repetir: escolha as flores da estação para a sua decoração. Elas estarão com preços ótimos e sua aparência, mais linda do que nunca!

Bebidas consignadas

Você não tem certeza se vai economizar aqui. Mas caso sobrem bebidas, sabe que não pagará por garrafas que não forem abertas e poderá devolvê-las ao distribuidor após a festa.

DIY

Se você, seus familiares e amigos esbanjam habilidades artísticas e manuais, que tal colocar sua alma e coração nos convites, decoração e/ou lembrancinhas do casamento? “Os noivos devem analisar o que é prioridade para o casamento e escolher os ítens essenciais.” O conselho é da assessora Barbara Grion que, devido à sua experiência em planejamento de eventos opina com conhecimento de causa. Evitar personalizar todos os ítens do casamento e reduzir a quantidade de lembrancinhas e adereços também é uma dica da assessora. “Muitas vezes, os noivos gastam dinheiro com algo que parece barato (pelo seu valor unitário), mas multiplicado e somado com o restante do casamento, possui um custo alto”, finaliza Barbara.

salvarBarbara GrionSaiba mais sobre “Barbara Grion”
Barbara Grion | Foto: Caixa de Retratos

Estas são apenas algumas dicas. Acreditamos que vocês devam conhecer outras mais, pois nós, brasileiros, estamos sempre nos reinventando para driblar os momentos de crise. Se você teve uma super idéia para baratear o seu casamento, que tal compartilhar com a gente nos comentários? Leia também: Mini wedding ou super casamento? Saiba qual é a aposta dos fornecedores para 2017! e Não deixe de conferir nosso Guia completo para fugir de roubadas na hora de escolher os fornecedores do casamento!

Escolha os fornecedores que você quer contatar.

João Soares Fotografia Fotógrafos para casamentos
Ricardo Hara Fotografia Fotógrafos para casamentos
Impactar Cerimonial Assessoria casamentos e cerimonial
Marina Maeda Fotografia Fotógrafos para casamentos
Princess Assessoria Assessoria casamentos e cerimonial
Wagner Oliva Fotografia Fotógrafos para casamentos
Barbara Grion Assessoria e Cerimonial em Eventos Assessoria casamentos e cerimonial