Como fazer um casamento feminista em 10 passos!

Para quem ainda se engana com o real significado de “feminista”, saiba que o feminismo é um movimento social e político que existe desde o século XIX e que busca igualdade de gênero. Muitos ainda acreditam que seria o contrário de machismo, mas esta ideia está errada. Enquanto o feminismo defende condições de igualdade entre os gêneros, o machismo coloca o homem em posição de superioridade com relação à mulher.

Se você é contra a violência que mulheres sofrem diariamente, se concorda que as tarefas do lar não são responsabilidade apenas das mulheres, se defende que mulheres devem ter o direito de votar, de frequentar universidades, de serem as donas de seus corpos e de suas escolhas (inclusive a decisão de se casar), se você acredita que homens e mulheres devem ter salários iguais quando ocuparem os mesmo cargos, saiba que você é feminista!

Foto Alexandre Rechtman

Os detalhes das cerimônias de casamento mais tradicionais ainda carregam doses altas de machismo, que muitas vezes passam despercebidos aos nossos olhos por estarmos acostumados a sempre termos visto e feito assim. Aqui convidamos vocês a refletirem sobre isso e fazer as suas próprias escolhas para que seu casamento tenha a sua cara independentemente das tradições. Vamos lá?

Foto: Carol Guasti

1 – Aceite ou não o pedido de casamento. Mas faça isso por você!

O casamento pode ser o sonho de muitas mulheres e deve ser celebrado da melhor forma que os noivos quiserem e puderem. Não há nada de errado em sonhar com o grande dia, em querer subir ao altar ou em esperar pelo amor da sua vida. Só saiba que a escolha de casar ou não deve ser de cada pessoa, tanto noivo quanto da noiva. Não é à toa que temos a “hora do sim”, não é mesmo?

Se você concorda que seu noivo faça o pedido também ao seu pai, ok. Mas é importante que você concorde com isso e que, acima de tudo, a decisão seja sua. É fundamental respeitar nossos pais, mas é ainda mais importante respeitar nossas próprias escolhas.

Foto Lumez Studio

– Se quiser, tenha uma despedida de solteira

Muitas vezes, as noivas recebem as amigas para um chá de cozinha, enquanto o noivo curte uma grande festa com os amigos. Seu chá de cozinha pode ser superdivertido e, se você prefere esta opção, não há problema algum. O que importa é saber que as mulheres também podem ter sua despedida de solteira e curtir uma balada com as amigas. Se você gosta desta ideia, convoque as madrinhas e organize a sua!

Tradições de casamento: o que está em ALTA e o que JÁ ERA!

Foto: Carol Guasti

 Pense bem nas plaquinhas de daminhas e pajens

Você já notou que, em alguns casamentos, as crianças chegam ao altar carregando plaquinhas com frases? A moda deixa o momento ainda mais fofo. Só vale tomar cuidado para não errar na mensagem e acabar usando frases machistas. “Ainda dá tempo de fugir”, “Não foge não, ela está linda”, “Tem certeza?”, “Cuidado, ela gasta demais”, e frases deste tipo estão vetadas em um casamento feminista, pois colocam a mulher em situação de inferioridade. Prefira mensagens românticas e alegres, certamente farão muito mais sucesso!

Foto: Lucas Porto Fotografia
Foto Paloma Centurion Photo

Fuja de tradições machistas no seu casamento.

4 – Deixe o noivo ser feliz

Se você está casando com um homem porque quis, por que passar a mensagem de que ele está fazendo isso contra a vontade? Homens e mulheres devem se casar por escolha própria, então nada de “game over” para nenhum dos dois. E muito menos noiva amarrando o noivo no topo do bolo. Ninguém vai fugir!

Foto Fernanda Suhett

5 – Faça a hora do buquê ser divertida para todos

Que tal em vez de dividir as mulheres entre solteiras e casadas para a hora de jogar o buquê, convidar todo mundo para a brincadeira? Ou que tal os noivos jogarem o buquê juntos para todos os convidados sem distinção? Ou trocar as flores por uma garrafa de bebida tanto para os homens quanto para as mulheres? Afinal, todo mundo bebe!

Foto: Lucas Porto Fotografia

O importante é fugir de situações de deixar as mulheres se enfrentando para serem as próximas a casar, ou de noivos jogando para seus amigos uma bomba de pelúcia com dizeres de “segura essa bomba, você é o próximo” e outras coisas do tipo. Esquecendo que o casamento é uma escolha de ambos e que deve ser comemorado e não lamentado, nem de brincadeira.

Foto Thay Rabello

6 – Arque com seus gastos!

Qual é o sentido de ser responsabilidade da família da noiva arcar com os custos da cerimônia e da festa de casamento? Muitos casais conseguem pagar pelos próprios sonhos. Mas se for necessário uma ajudinha dos pais, vale pedir para o lado que conseguir ajudar ou para os dois.

Foto Tati Castilho

7 – Caminhe sozinha até o altar

A tradição diz que o pai da noiva deve levá-la ao altar e entregar a filha ao marido, representando uma passagem. Mas qual é o sentido disso no mundo atual? Pode ser um momento especial com seu pai e está liberado entrar com ele. Mas você também pode seguir pelo tapete com sua mãe, com os dois ou sozinha! O casamento é seu e é você quem manda.

Foto Marcio Monteiro

8 – Oriente o celebrante

Ninguém merece escutar coisas do celebrante do seu próprio casamento que não representem você. Converse com quem irá falar na cerimônia para que não caia em discursos machistas ou em estereótipos que colocam as mulheres em posições inferiores. Nada de falas que joguem as tarefas domésticas sobre a mulher ou que cobrem filhos, por exemplo.

Foto EV+ Fotografia

9 – Escolha o vestido da cor que você quiser

Você sabia que o vestido das noivas nem sempre foi branco? Foi em 1840 que a moda do branco pegou entre os casamentos depois que a Rainha Victoria se casou com o Príncipe Albert por amor e escolheu o branco para fugir dos padrões. E foi aí que ela criou um novo padrão. A partir de então, o branco passou a representar a pureza da noiva e até a virgindade dela.

Mas a verdade é que ser virgem ou não, diz respeito somente à noiva. Então esqueça isso de cor e escolha a que você quiser. Acha o branco maravilhoso? Essa é sua cor. Se não gosta, pode se jogar no vermelho, azul, rosa, verde…

Foto Torin Zanette

10 – Opte por fornecedoras mulheres

Faz parte do feminismo apoiar o trabalho de outras mulheres. Que tal incluir uma DJ ou uma banda com vocalista mulher na sua festa? Celebrante, chef de cozinha, bartender, fotógrafa, florista, decoradora, maquiadora, cabeleireira, há mulheres in-crí-veis para tornar o seu dia ainda mais especial!

Foto Fer Cesar Fotografia

Acesse nossa lista de fornecedores!

Casar é um momento especial da vida de qualquer pessoa, então lembre-se de deixar o seu casamento com a sua cara, independente de qualquer tradição. Leve para o seu grande dia o que você gosta e não se sinta obrigada a fazer qualquer coisa que não te deixe feliz. A única regra é amar e curtir o dia com as pessoas que você ama.

Mais informação sobre

Comentários (2)

Deixe seu comentário

Crédito: LoveShake
Como escrever um discurso de casamento perfeito em 5 passos
Siga estes conselhos para saber como escrever o melhor discurso para o seu casamento e emocionar seu amor, seus familiares e amigos!
Marioca. Foto: Divulgação
Como vestir as crianças para um casamento em 5 passos
Nos casamentos, além dos noivos, outras pessoas também devem dedicar um cuidado especial ao seu traje. As crianças também têm um papel de protagonista, já que muitas vezes são daminhas ou pajens de casamentos ou mesmo quando vão simplesmente como convidados. Descubra como vestir as crianças para um casamento em cinco passos.
Foto: Divulgação / B Blue Beachouses
Como fazer seu casamento na praia com MUITO conforto, estilo e sofisticação!
Quer fazer um casamento na praia sem abrir mão do conforto urbano? Então não deixe de conferir essas dicas para que seu grande dia seja do jeitinho que você imagina.

Crie grátis um site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar no Zankyou!
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 23 países. Mais informações