Como traduzir o perfil e a trajetória do casal em palavras pelo Celebrante Leonardo Amorim

Como traduzir o perfil e a trajetória do casal em palavras pelo Celebrante Leonardo Amorim

Quer uma cerimônia personalizada e inesquecível? Então clique e conheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim, que há mais de 10 anos celebra lindos casamentos!

  • Cerimônia
  • Recomendações
  • Sponsored

A cerimônia do casamento é sempre um dos momentos mais emocionantes do grande dia de um casal. Claro, é ali, naquele momento, que eles celebram de verdade a união e fazem votos de amor para sempre com o testemunho de seus amigos e família.

Encontrar um celebrante que consiga conduzir a cerimônia de forma leve, emocionar os noivos e os presentes e proporcionar momentos inesquecíveis é uma tarefa importantíssima e vai fazer toda a diferença na sua troca de alianças.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: divulgação

Por isso, conversamos com o teólogo, filósofo e psicólogo  Celebrante Leonardo Amorim – que há mais de 10 anos celebra casamentos de forma personalizada – para conhecer melhor o processo criativo que ele segue para criar cerimônias personalizadas e emocionantes que encantam noivos e seus convidados. Confira!

Vocação para celebrar

Leonardo Amorim começou a celebrar cerimônias logo que se formou como teólogo, em 2007. Desde o princípio, ele encontrou na atividade a sua verdadeira vocação: celebrar o amor dos casais, independentemente de sua fé, crença ou tradição. “Minhas cerimônias sempre foram informais e leves, mesmo algumas delas tendo algum viés religioso. No entanto, pouco a pouco – acredito que pela informalidade das cerimônias – casais que não pertenciam a nenhuma tradição religiosa, que não possuíam religião ou até aqueles que não queriam uma cerimônia religiosa, começaram a me procurar para fazer sua celebração. Não se trata de forma alguma, de um culto, missa ou algo equivalente, mas da celebração do amor”, afirma Leonardo, que também é formado em filosofia e psicologia, disciplinas que ajudam a deixar o seu trabalho ainda mais completo.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: Eliseu Fiuza

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Segundo ele, a história de cada casal é o fio condutor das cerimônias que realiza e a matéria-prima para criar um discurso perfeito para cada casamento. O Celebrante Leonardo Amorim também leva em conta a personalidade dos noivos para conseguir celebrar casamentos que tenha a cara deles. “Atualmente, todos querem um conteúdo exclusivo para seu grande dia; e isso é muito justo. É o que faço. Priorizo cada detalhe da história do casal e os encaixo em diversos momentos da celebração. Isso dá um ar descontraído e permite um clima mais intimista para a cerimônia”.

Diferentes cerimônias para agradar a todos

Para esquematizar os tipos de cerimônias que oferece e ajudar os noivos a escolher a melhor opção para eles, Leonardo Amorim dividiu-as em quatro categorias. Confira as diferenças abaixo:

1. Cerimônias Simbólicas:Possuem sobretudo um caráter afetivo, emocional. Trata-se da celebração do amor em si mesmo, independentemente de qualquer documentação ou oficialização. É a cerimônia em que o único objetivo é celebrar o amor  e contar a história do casal. Pode ser um casamento ou uma comemoração de aniversário de casamento”.

2. Cerimônias Religiosas:Possuem algo relativo à alguma tradição religiosa. Podem ser cristãs, independentemente de ser católica ou protestante, ou mistas: quando há a mescla entre duas tradições religiosas. A cerimônia mista pode ser oficiada somente por mim ou conjuntamente com algum representante de alguma tradição religiosa”.

3. Cerimônias com Efeito Civil:São cerimônias com validade civil. O casal precisa dar entrada na Certidão de Habilitação em um cartório relativo ao bairro que reside um dos noivos. Através da Habilitação é feita então a Ata da Cerimônia com Efeito Civil que será assinada no dia da celebração por mim, oficiante, por duas testemunhas e pelo casal. Após a cerimônia, basta reconhecer minha assinatura em um dos cartórios que tenho firma e retornar ao cartório que deram entrada na habilitação para pegarem a certidão de casamento”.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: divulgação
salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: Juliana Pessoa

4. Cerimônias Religiosas com Efeito Civil:Trata-se de uma cerimônia religiosa, como o item 2, mas com validade civil, assim como  o item 3”.

É importante salientar que somente teólogos graduados em Teologia com formação reconhecida pelo MEC, estão habilitados a oficiarem cerimônias que possuam validade civil.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: divulgação

Outra diferenciação que Leonardo Amorim faz é sobre ter ou não cunho religioso. As cerimônias podem ser laicas (sem envolver religião alguma), ter algum viés religioso (quando o casal segue alguma fé, mesmo eles não sendo praticantes de alguma tradição religiosa), mistas (unindo tradições de religiões diferentes) ou ecumênicas (quando a cerimônia é conduzida por dois representantes de tradições religiosas diferentes). “Todas as cerimônias que conduzo, religiosas ou não, com efeito civil ou não, são necessariamente focadas primordialmente  no amor e na história e perfil do casal. Todas são razoavelmente breves, possuem algum viés poético, e são conduzidas com leveza e descontração”, comenta Leonardo.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: divulgação

Personalizando as cerimônias de casamento

Falando especificamente sobre o discurso que o celebrante vai esquematizar para celebrar a troca de alianças, é papel do profissional procurar conhecer a fundo a história do casal, a sua personalidade e os principais acontecimentos do relacionamento deles. Isso é primordial para que os celebrantes consigam conduzir uma cerimônia feita sob medida para cada casal.

O Celebrante Leonardo Amorim consegue isso com conversas informais com os noivos, com um questionário enviado para eles detalharem melhor algumas questões referentes à história deles como: há quanto tempo estão juntos; como se conheceram; como se desenvolveu a ideia de se casarem; o que representam um para o outro; como são afetados por essa relação, etc. “Ouvir a versão dos dois a respeito de um mesmo fato ou passagem marcante é um exercício importante que procuro fazer. Na maioria das vezes, cada versão oferece um elemento que o outro não destacou. Assim, a composição do texto fica completa e contempla a ambos de fato”, comenta.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: Diogo Gaspar

Quando a data do casamento estiver mais próxima, Leonardo se reúne novamente com os noivos para acertar os últimos detalhes e compor junto com eles, a “seis mãos”, o conteúdo exclusivo da cerimônia.  “Cada elemento da história do casal é importante e merece ser valorizado, enaltecido”, diz o celebrante.

Para chegar no tom perfeito para cada casório, Leonardo Amorim leva em conta, também, aspectos relativos à personalidade do casal. “Quando eles são mais extrovertidos, é importante que a cerimônia reflita isso. Quando são mais reservados ou mais tímidos, a cerimônia será um pouco mais contida; mas todas minhas cerimônias mantêm a leveza e o enfoque no amor como elemento primordial. Gostos e preferências também são levados em conta. Se há alguma canção ou poema que seja simbólico para o casal é essencial estar presente na cerimônia”, detalha.

salvarCelebrante Leonardo AmorimConheça o trabalho do Celebrante Leonardo Amorim
Foto: divulgação

Para ele, é importante que o celebrante detecte as memórias e sentimentos do casal para destacá-los durante a celebração. “Afinal de contas, não só o casal precisa estar representado na cerimônia, mas também algo relativo à personalidade e individualidade de ambos”, diz Leonardo Amorim, que celebra casamentos em três línguas: português, inglês e espanhol.

Através de sua experiência de mais de 10 anos celebrando o amor, Leonardo realiza suas cerimônias apenas contando com a própria memória, sem contar com o auxílio de nenhuma leitura ou texto. Para ele isso é fundamental para dar mais fluidez e naturalidade à celebração.“Minha cerimônia pode ser resumida como uma celebração focada no amor, conduzida de modo poético e celebrativo, e com ênfase especial na história e trajetória do casal. Tudo isso de modo razoavelmente breve e com suaves pitadas de humor e descontração. Afinal de contas, o amor pode e deve sorrir!”, complementa ele.

Entre em contato com as empresas mencionadas nessa matéria

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!