Noivado com futebol

Noivado com futebol

O dia 8 de março de 2008 está marcado na vida da Tatiane Garbin, porque foi nesse dia que André Bozzetti pediu sua mão em casamento. Porém foi um pedido muito criativo e inspirador para você que quer surpreender na hora do pedido de noivado. Podemos dizer que o André uniu o útil ao agradável, ou melhor, uniu duas paixões: a Tati e o futebol.

  • Casamentos reais
  • Pedido de casamento
salvar
Depois do gol o pedido de casamento. Foto: Divulgação

O dia 8 de março de 2008 está marcado na vida da Tatiane Garbin, porque foi nesse dia que André Bozzetti pediu sua mão em casamento. Porém foi um pedido muito criativo e inspirador para você que quer surpreender na hora do pedido de noivado. Podemos dizer que o André uniu o útil ao agradável, ou melhor, uniu duas paixões: a Tati e o futebol.

salvar
O casal leva o clube até para as viagens

Já pensou ser pedida em casamento depois de um gol em um estádio lotado? Pois é, foi o que aconteceu com a Tatiane.

O André é torcedor do Internacional de Porto Alegre e a Tatiane que não morava na capital gaúcha, e sim na serra, no município de Bento Gonçalves, começou a acompanhar o namorado nos jogos de futebol. E como esse esporte está cada vez mais se tornando um esporte feminino, a Tati passou a gostar e frequentar todas as partidas. O fato da namorada também gostar de futebol foi muito inspirador para que André resolvesse tomar esse passo dentro do estádio.

Nesse dia, acompanhado como sempre dos tios do André, o casal  foi a mais um jogo de futebol: um inter x Brasil de pelotas, no Estádio Beira-Rio. Para Tati, mais um jogo do campeonato gaúcho, que claro que ela queria que o Inter ganhasse. Quando o Magrão marcou o primeiro gol do colorado, a importância do jogo mudou completamente.

salvar
Amor e futebol juntos

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

O momento mais esperado pelo André aconteceu. Ele tirou do bolso a caixa com as alianças e fez o pedido oficial. Ele pensou muito bem esse momento, tanto que está registrado em foto e vídeo. Não são só as fotos e o vídeo que fazem a Tatiane recordar desse momento. “Quando saí de Bento naquele dia 08 de março eu jamais poderia imaginar que deixaria de ser uma namorada para me tornar uma NOIVA. Lembro até hoje da minha cara de espanto e do meu coração batendo muito forte”, revela a noiva.

E depois do susto a comemoração do noivado continuou em casa onde toda a família do noivo e da noiva esperavam para celebrar esse momento.

salvar
Levando o Internacional para todos os lugares

O casamento vai ser no ano que vem e não será no estádio de futebol e sim na terra da noiva, em Bento Gonçalves, mas como o inter fazer parte da história do casal, provavelmente terá algo que faça alusão ao time do coração desse casal gaúcho.