O que fazer quando o fornecedor te deixa na mão no dia do seu casamento?

O que fazer quando o fornecedor te deixa na mão no dia do seu casamento?

  • Outros serviços
  • Guest-blogger

Não vamos generalizar, mas tem fornecedor que deixa noivas aos prantos bem no seu tão sonhado dia! Ao meu entender, esses fornecedores deveriam ser banidos do mercado, pois para tratar de um sonho, o fornecedor deve sempre trabalhar com responsabilidade, ética, dedicação e com muito amor.

salvar
Foto: José Raposo Fotografia

Umas das responsabilidade do fornecedor, é com o horário. Lógico que eles devem ter responsabilidades com o produto ou serviço oferecido, mas o horário é que vai dizer se o fornecedor de qualidade trabalha com seriedade. E o que fazer quando o fornecedor quebra de vez com o contrato?

Algum tempo atrás, houve um burburinho na internet sobre uma fornecedora de casamentos, que deixou a noiva sem cabelo e maquiagem bem no seu grande dia, pois perdeu a hora para ir arrumar a noiva e atrasou todo o casamento em mais de 2 horas, além da noivinha ficar sem a make fabulosa que tanto esperava.

Para essa noiva, reclamações ou um processo judicial não trará seu dia de volta, nem seu sonho de ser arrumada por uma pessoa famosa no mercado de maquiagem.

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Mas, apesar de não poder voltar no tempo, quando isso acontece, existem alguns artifícios para limpar o leite derramado, que a noiva deve ter conhecimento (assim que ela voltar da lua de mel!):

salvar
Foto: Joe Ray

1. Reclamação no PROCON: no caso, a única solução aqui seria apenas a devolução total do dinheiro. Mas aqui o fornecedor não é obrigado a responder sua reclamação, ou a te devolver o dinheiro. Veja mais sobre a cartilha do Procon para noivos!

2. Sites de defesa dos direitos do consumidor como o Reclame Aqui, uma empresa particular toma a frente para ajudar os consumidores. Botar a boca no trombone também funciona, uma vez que o fornecedor fica exposto na internet. Mas esse tipo de artifício só funciona como um puxão de orelha no fornecedor. Aqui ele não é obrigado a te devolver o dinheiro com juros e correção monetária, te dar dano moral etc.

3. Processo judicial: Neste caso o fornecedor é obrigado a te responder sob pena de muitas penas! Com processo judicial a noiva pode pedir a devolução do dinheiro, calculado com juros, pedir um dano moral para que sirva de punição ao fornecedor, inibindo assim outras noivinhas de passarem pela mesma situação, e pode ainda, pedir dano material devido ao atraso no casamento, que no caso, gera hora extra cobrada pelos outros fornecedores que estavam lá no horário marcado.

De qualquer forma, cabe sempre aos noivos decidir qual seria a melhor forma de resolver o mal-estar que foi causado.

E se quer contactar fornecedores para seu grande dia, no Zankyou selecionamos apenas os melhores para seu casamento!

Colunista

Bianca Binotto – Bianca Binotto Eventos e Cerimonial
Advogada e assessora de casamento.

Você é especialista em casamento e quer ser colunista do Zankyou? Entre em contato!

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!