Os 30 são os novos 20 SIM! 10 razões para te convencer!

Os 30 são os novos 20 SIM! 10 razões para te convencer!

Você pode não acreditar e achar que é mais um mito, mas é a pura verdade, os 30 são SIM os novos 20!

  • Vida a dois
  • Editor-choice
  • International

Certamente você já ouviu falar que os 30 são os novos 20, mas ainda não sabe exatamente o que isso significa.  A geração Millennial felizmente pode crescer mais tarde e aos 20, dizem os experts, ainda estão em “processo de gestação emocional”. O que isso quer dizer? Que aos 30, você tem a maturidade que os seus pais tinham aos 20. Mas vamos te explicar as razões pelas quais você se sente um adolescente à beira dos 30 anos…

DR de casal: palavras e expressões que JAMAIS devem ser ditas!

salvarEugenio Marongiu
Foto Shutterstock: Eugenio Marongiu

1. I´m to sexy

Entre os 20 e os 30 anos, muitos jovens da Geração Y seguem parecendo adolescentes. Digamos que, de alguma forma, tiveram uma infância e uma adolescência livres de problemas, faltaram algumas experiências mais duras ou traumáticas (menos mal) e as pessoas moram em grandes cidades, com estímulos e lazer abundantes.

Os Millenials são mais cuidados que os seus pais, tanto no que se refere à saúde, como estética, já que existem muitos produtos disponíveis. Isso não quer dizer que a geração dos nossos pais era menos atraentes ou sexy, e sim, que se transformaram em adultos (e velhos, vamos combinar) muito antes que os jovens atuais.

Quais são as características das pessoas irresistíveis? A 3 é unanimidade!

salvarmarina maeda
Foto: Marina Maeda

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Mas o que acontece aos 30? É a época em que desenvolvemos a verdadeira beleza adulta: se adquire  experiência, aumentando a segurança e autoestima. No que se refere ao físico,  começamos a alimentar-nos melhor, descansar mais e fazer mais exercício físico, ou seja, estamos mais em forma e saudáveis!

salvarMonkey Business Images
Foto Shutterstock: Monkey Business Images

2. Autoestima e segurança

A maturidade de uma pessoa pode ser observada a nível físico e também mental. Os comportamentos infantis do passado, normalmente relacionados com a impulsividade, passam a um modo de pensar mais racional e reflexivo. Por outro lado, toda a falta de autoestima se transforma em segurança e esse aspecto ajuda a construir os alicerces da idade adulta.

salvarBigLike Images
Foto Shutterstock: BigLike Images

3. Estabilidade econômica

Nossos pais se orgulham de ter começado a trabalhar e ter certa estabilidade econômica logo após terminar os estudos.  Por este motivo, se casavam e tinham o primeiro filho durante essa década.

Hoje em dia, tudo isso passou à década dos 30, em alguns casos devido à crise econômica, ao excesso de profissionais com excelente formação e também, como não mencionar, à super proteção dos nossos pais. A verdade é que, atualmente, demoramos muito mais em encontrar trabalho na nossa área e mais ainda, em encontrar a almejada estabilidade para poder pensar em ter um cão, imagine um filho…

salvarEvgeny Atamanenko
Foto Shutterstock: Evgeny Atamanenko

4. Novas filosofias de vida

É verdade que as últimas décadas do século XX tiveram certo grau de loucura, mas a maioria das pessoas, depois de viver seus momentos de “loucura” sentavam cabeça, vestiam o terno e formavam uma família tradicional. Hoje em dia, o carpe diem ou YOLO (You Only Live Once) impera em boa parte dos jovens, que decidem buscar (e encontar) a pessoa definitiva mais tarde que en gerações passadas. Existem novas formas de amar que se fazem cada vez mais usuaus, além da clara falta de paciência dos Millenial para “aguentar” a parte chata de uma relação séria. Por tudo isso, o que antes acontecia aos 20, agora ocorre aos 30. Neste sentido, esse sentimento de “amor adolescente” se expande no tempo, pois os grandes amores não entendem de idade.

Surpresa… Fomos convidados para viver no exterior! E agora?

salvarnito
Foto Shutterstock: Nito

5. Hábitos de vida

Cada vez curtidos mais  as tardes happy hour e aproveitamos a nossa vida social. Cada vez viajamos mais. Cada vez somos mais abertos a conhecer gente. Essa maneira de se divertir e de viver, tanto nos finais  de semana,  como nos dias de semana, é um comportamento de pessoa ativa e jovem, nada a ver com o estilo”familiar” de décadas passadas.  Conhecemos gente o tempo inteiro, nos divertimos, gastamos o nosso dinheiro em viver a vida e não em acumular!

salvarcrepaldi2
Foto: Anderson Crepaldi

6. Somos o que queremos ser

Se vemos qualquer série ou filme do século XX, inclusive as últimas que da época (Friends, Sexo em Nova York, Seinfeld…), as pessoas de trinta anos se vestiam de forma mais tradicional e séria, inclusive com terno e gravata ou taller, sobretudo para trabalhar, e os seus penteados e cortes de cabelo também seguiam a mesma linha.

Hoje em dia, os tênis, camisetas, bermudas, jeans, camisas informais, moletons e bonés são o uniforme da nova geração, assim como os cortes de cabelo mega criativos. Além disso, muitos trabalhos já não têm nenhum tipo de formalidade ao vestir e os trabalhadores têm toda a liberdade para usar o que quiserem. Incluindo as tatuagens à mostra, o que era um verdadeiro tabu em outras décadas.

Como se divertir em casal, sair da rotina e fortalecer a relação: atividades TOP!

salvarEugene Partyzan
Foto  Shutterstock: Eugene Partyzan

7. Compartilhar é viver

De uma forma ou de outra, as redes sociais, com o seu conceito de “amizade virtual” (e de egocentrismo, não sejamos hipócritas), faz com que as pessoas sejam mais infantis. Você consegue imaginar os seus avós compartilhando fotos da feijoada que estavam comendo lá pelos anos 60? Não, né? Você imagina os seus avós como os seus pais, limitando o uso das redes sociais a algumas fotos de viagem e a fazer muita confusão, claro!

Não combina com eles, mas nós adoramos essas injeções diárias de autoestima que faz com que a gente pareça adolescente…  Por este motivo, compartilhar fotos, etiquetar, escrever bobagens é muito nosso aos 20 anos e aos 30 já perdemos um pouco o interesse e passamos a nos parecer mais aos nossos pais usando as redes sociais – um dia tem que chegar, você não acha, não poderíamos a passar a vida inyteira compartilhando cada minuto do nosso dia…

Quem é o homem do século 21? Características “novas” que revelam toda a liberdade conquistada por eles!

salvarPeter Bernik
Foto Shutterstock: Peter Bernik

8. Meu sonho, minha vida

Talvez pela sua maturidade, os jovens atuais expandem seus sonhos mais loucos durante mais tempo. Além disse, a ideia de morar no exterior é um clássico dessa geração (às vezes por obrigação, outras, por livre opção), assim como viajar, ou empreender. Por isso, nossos predecessores, que decidiam parar de sonhar antes de chegar aos 30, foram substituídos pelos trintões de hoje em dia, loucos para viver novas experiências!

salvarHeather Goodman
Foto Shutterstock: Heather Goodman

9. Forever Young

O que é ser jovem ou velho? Os trintões, como acontecia com os que tinham 20 antes, seguem amando videogames, festas, viagens, esportes e tudo o que está associado à juventude.  São atletas e saudáveis, pensam viver até os 100 anos fazendo yoga e guardam certo grau de inocência que outras gerações não tinham aos 30 anos.

salvarEugene Partyzan
Foto Shutterstock: Eugene Partyzan

Você está a ponto de fazer 30 e se sente meio “velho“? Já tem mil motivos para saber que a melhor década da sua vida começa agora, o tempo se dilata, a medicina evolui e sim, fazer 30 anos significa fazer 20 em 2017! Saiba também quais são os 4 tipos de ressaca pós casamento e como curá-las!

Entre em contato com as empresas mencionadas nessa matéria

Marina Maeda Fotografia Fotógrafos para casamentos