Quanto tempo deve durar uma cerimônia de casamento?

Quanto tempo deve durar uma cerimônia de casamento?

Já parou para pensar quanto tempo deve durar uma cerimônia de casamento perfeita? Viviane Lopes, celebrante da Escreva uma Carta para Mim nos dá todas as dicas!

  • Protocolo
  • Conselhos
  • Guest-blogger
  • Cerimônia
  • Noivos

Acredito que quase todas as pessoas já presenciaram casamentos demorados com mais de 1 hora de duração, e casamentos muito rápidos, e nas duas ocasiões ficaram incomodadas, mas quanto tempo deve durar uma cerimônia de casamento perfeita? 

Casamento é uma festa única, preparada com muita antecedência em cada detalhe. Afinal, se algo sair errado não tem como voltar atrás nem repetir. Muitas vezes as noivas ficam tão preocupadas com todos os preparativos que envolvem essa festa – decoração, vestido, música, cardápio, etc, que se esquecem do principal: a cerimônia!

salvarEscreva uma Carta para MimEntre em contato com a Escreva uma Carta para Mim
Escreva uma Carta para Mim – Foto: Danilo Siqueira

E por que a cerimônia é o principal?

Como qualquer momento de celebração e felicidade, o casamento é uma festa que reúne as pessoas que mais amamos em um lugar agradável escolhido com carinho para que todos possam comemorar comendo, bebendo, dançando e confraternizando. Mas o que diferencia outras ocasiões festivas, como um aniversário ou formatura, do casamento é justamente a cerimônia. É através desse ritual que o casal vai se unir, reviver o amor que os conduziu até o altar e fazer seus votos e promessas de amor.

O momento da celebração merece uma atenção muito especial e uma das perguntas importantes que os noivos devem fazer ao seu celebrante é sobre o tempo de duração da cerimônia. Para ajudar o casal a pensar melhor nessa questão, listamos 5 tópicos importantes a esse respeito e que, consequentemente, também irão contribuir para pensar no conteúdo da cerimônia em si.

salvarEscreva uma Carta para MimEntre em contato com a Escreva uma Carta para Mim
Escreva uma Carta para Mim – Foto: Inquadro

1. Cerimônia não tem um tempo exato de duração

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Não há um período exato para a duração da cerimônia, o que deve prevalecer é o bom-senso. Lembrem-se de que alguns convidados podem estar com crianças de colo, padrinhos e madrinhas ficam em pé, assim como os noivos, e as mulheres com salto alto e idosos cansam-se com facilidade.

Se o casamento for ao ar livre, pensem também se naquele horário o sol poderá estar muito quente ou o contrário, dependendo da época pode ventar e fazer muito frio. Muitos celebrantes dizem que a cerimônia ideal dura de 35 a 40 minutos, porém há variáveis. Em mini weddings muitas vezes não há cortejo e nem padrinhos, então esse tempo pode ser até menor. O importante é considerar essas peculiaridades como a quantidade de padrinhos, o local, se há ou não cortejo, o estilo do evento, e pedir o conselho do seu celebrante e da assessora que certamente já presenciaram muitos casamentos e terão boas sugestões para o de vocês. 

Leia também: Cerimônia de casamento não religiosa: ideias diferentes e ousadas!

salvarEscreva uma Carta para MimEntre em contato com a Escreva uma Carta para Mim
Escreva uma Carta para Mim – Foto: Canale

2. Cerimônias longas são cansativas, muito rápidas não dão o devido valor ao momento

Há casais que desejam uma cerimônia longa com muita música, discursos, entradas, plaquinhas, rituais e homenagens. Tudo é lindo se feito com moderação, deve-se ter um equilíbrio. Escolham aquilo que realmente tem a ver com os dois. Se a cerimônia for muito extensa, no fim os convidados ficarão entediados e não irão prestar atenção ao que está acontecendo. Pensem no tempo necessário para realizar tudo que desejam e decidam tendo isso em mente. Por outro lado, há casais que praticamente não se importam com a cerimônia e sobem ao altar para cumprir com a tradição. A cerimônia deve receber toda a atenção de vocês, do discurso e ao ritual. O casamento é um momento decisivo e merece uma cerimônia emocionante que reflita sobre a história de amor que construíram até ali. Nos dois casos, discutam com o celebrante para encontrar o equilíbrio e a celebração perfeita para vocês.

3. Cerimônias religiosas tem seu tempo médio de duração.

Quem se casa em algum templo ou com um representante de alguma religião, deve estar ciente de que os ritos religiosos tem um tempo pré-determinado de duração. Cada religião tem seu rito que é tradição e será cumprido durante a cerimônia. Se os noivos optarem por essa escolha devem ficar cientes sobre o rito da religião escolhida para a cerimônia e tudo que acontece durante a cerimônia, inclusive sobre o tempo que levará. Se for uma religião específica, não tão conhecida, e exigir algo dos convidados como um código de vestimenta ou outra formalidade, é interessante colocar essa informação no convite.

salvarEscreva uma Carta para MimEntre em contato com a Escreva uma Carta para Mim
Escreva uma Carta para Mim – Foto: Eventos Life

4. A intensidade do que é falado é muito importante.

Algo que pode acontecer nas cerimônias é também o discurso vazio, o celebrante que fala durante o tempo ideal mas suas palavras não tem profundidade, não transmitem a importância do que está sendo vivido. Além de durar o tempo certo, o discurso precisa ter afinidade com a personalidade e o amor do casal. Para que vocês estejam seguros quanto ao tempo e ao conteúdo da cerimônia, pesquisem, vejam depoimentos, conversem e confiem no celebrante. Se for um familiar a ocupar esse papel, tracem um roteiro com os minutos específicos para cada etapa. Vai ser triste se o tempo for ótimo e o conteúdo decepcionante.

Conheça os melhores celebrantes de casamento de São Paulo: acerte nessa escolha tão importante!

salvarEscreva uma Carta para MimEntre em contato com a Escreva uma Carta para Mim
Escreva uma Carta para Mim – Foto: Inquadro

5. O tempo deve ser bom para os noivos e para os convidados.

Por fim, como em tudo que diz respeito ao casamento, o tempo das cerimônias varia e os noivos precisam levar em consideração seu estilo, o local, os convidados, o horário, entre outras questões. Porém, há uma máxima a ser seguida, ela deve ser boa para os noivos que tanto se prepararam para vivenciar este momento, e para os convidados, pessoas amadas e escolhidas para serem testemunhas dessa nova fase em suas vidas. Busquem conciliar essas duas necessidades, falem sobre isso com o celebrante escolhido e em quem confiam para que esse seja o momento mais emocionante do grande dia, aquele que vocês irão guardar com carinho na lembrança por toda a vida.

Gostou? Então aproveite para conhecer os Diferentes rituais de cerimônias de casamento e seus significados!

Escolha os fornecedores que você quer contatar.