Quer uma cerimônia única e personalizada? Um bom celebrante é FUNDAMENTAL!

Podemos dizer que depois do noivo, a segunda pessoa que você mais precisa ter afinidade no seu casamento é com o celebrante. Há casais que não dão a devida atenção a isso e esquecem que a cerimônia é a parte mais importante do casamento. Vocês já pararam para pensar na responsabilidade que é conduzir uma cerimônia? Um momento único na vida de duas pessoas, dezenas (ou centenas!) de pessoas acompanhando, emoções à flor da pele… Definitivamente, o celebrante é sim peça-chave para que tudo saia perfeito.

Você também tem dúvidas? Então veja: Celebrante ou juiz de paz? Conheça todas as diferenças e escolha o seu!

Mauricio MacriCelebre seu casamento com o Mauricio Macri
Foto/Divulgação Maurício Macri

E nós estamos aqui com as melhores dicas para que vocês saibam escolher aquele profissional que irá dar personalidade e sentimento à oficialização desse amor. Confira!

1. Qual o estilo da cerimônia?

Perceba que não estamos falando do estilo do casamento. Mas o da cerimônia. Antes de sair à procura de um celebrante, o casal precisa entender como sonha que a sua cerimônia aconteça. O celebrante Paulo Ramos afirma que “há muitas formas de celebrar um casamento. A cerimônia pode ser descontraída, tradicional, romântica… E os noivos devem tentar visualizar isso. Esse é o ponto de partida para o desenvolvimento de um roteiro único e personalizado que irá ficar com a “cara” dos noivos”.

Votos de casamento: passo a passo para escrever a mais linda declaração de amor!

Paulo RamosCelebre seu casamento com o Paulo Ramos
Foto/Divulgação Paulo Ramos

2. Pesquisem bastante

Aqui tudo é válido: assistam vídeos, avaliem os comentários dos antigos clientes, procurem saber a quanto tempo ele atua no mercado, busquem materiais de referência, comparem orçamentos e desconfiem de valores muito abaixo do mercado. “Uma dica importante é prestar atenção na maneira como esse profissional se apresenta a vocês. Ele responde objetivamente, mostra-se solícito, sabe ouvir com paciência a sua história?”, comenta o celebrante Paulo Godoy.

Veja também: Cerimônia de casamento não religiosa: ideias diferentes e ousadas!

Paulo GodoyCelebre seu casamento com o Paulo Godoy
Foto/Divulgação Paulo Godoy

3. Empatia é tudo!

O celebrante precisa captar a essência do casal para que consiga imprimir veracidade no que diz, por isso, é fundamental que vocês se deem bem, que haja empatia entre o casal e o profissional. “Se você não sentiu sintonia com o profissional, continue procurando. O casal precisa sentir se o estilo que o celebrante atua é o que eles buscam. Existem celebrantes tradicionais, religiosos, mais descontraídos, os que falam com muita impostação de voz, os que falam com mais naturalidade… Um celebrante muito romântico para um casal mais ‘descolado’, vai destoar… e vice-versa”, afirmou o celebrante Maurício Macri.

Saiba mais sobre o cerimonial aqui: Dúvidas sobre cerimonial de casamento? Encontre todas as respostas aqui!

Mauricio MacriCelebra seu casamento com o Mauricio Macri
Foto: Davi Martins | Celebrante: Mauricio Macri

4. As reuniões devem ser otimizadas

Aproveitem cada segundo dos encontros com o seu celebrante. Cada um tem seu processo estruturado, mas, normalmente, a maioria realiza entre duas e três reuniões presenciais com os noivos. A primeira para se conhecerem, a segunda para definir o roteiro da celebração e mais alguma outra, caso seja necessário.

Não deixe de conferir: Casamentos modernos: tudo o que você precisa saber para ter um casamento com sua cara!

Paulo RamosCelebre seu casamento com o Paulo Ramos
Foto/Divulgação Paulo Ramos

Godoy afirma que, geralmente, “o primeiro contato se dá por meio de um pedido de orçamento. Marco uma reunião sem compromisso algum para nos conhecermos e para que eles sintam se serei eu a pessoa que eles desejam para celebrar o seu casamento.

Ramos diz que “depois do primeiro contato, caso os noivos prefiram, todo o processo pode ser feito por reuniões virtuais. Vamos conversando até eu conseguir extrair as informações que me possibilitem entender exatamente o que os noivos esperam.

Diferentes rituais de cerimônias de casamento e seus significados!

Paulo GodoyCelebre seu casamento com o Paulo Godoy
Foto/Divulgação Paulo Godoy

5. Quais as perguntas-chave?

Claro que as perguntas não seguem um questionário pré-definido e, normalmente, elas vão surgindo no desenrolar dos encontros entre o casal e o celebrante. No entanto, há como vocês já irem se preparando com algumas pistas que Macri dá: “Prefiro dizer que o que temos não são entrevistas, mas sim bate-papos, e neles coleto informações como a forma que o casal se conheceu, como o relacionamento foi se tornando mais sério, se houve algum “cupido”, como foram os pedidos de namoro e casamento, como é o relacionamento e o convívio com as famílias, se existem fatos divertidos e descontraídos, quais os valores e as histórias que cada uma de suas famílias trazem”.

Protocolos de entrada na cerimônia religiosa: todos os segredos para brilhar no seu casamento!

Foto/Divulgação Mauricio Macri
Foto: Oficina da Photo | Celebrante: Mauricio Macri

6. É preciso confiar!

Tentem ver que o celebrante é a pessoa escolhida para contar a história de vocês no momento mais importante de suas vidas. E para entregar a sua história na mão de outra pessoa, é preciso muita confiança.

Macri finaliza: “Imaginem como seria bom chegar ali, na hora do casamento, e encontrar uma pessoa que inspire confiança e que deixe o casal tranquilo. Normalmente, celebrantes que despertam isso nos noivos, são profissionais que amam o que fazem. Portanto, se vocês sentirem isso, essa paixão pelo trabalho, esse encantamento, no celebrante que está ali a sua frente, entrevistando pela primeira vez, pode ter certeza que terão uma cerimônia única e inesquecível.

E quando os noivos tem diferentes crenças? Noivos com religiões diferentes: saiba como realizar a cerimônia!

Foto/Divulgação Paulo Godoy
Foto/Divulgação Paulo Godoy

Não deixe de ver o que está em alta para a Saída dos noivos: esqueça o arroz e aposte por essas ideias MEGA divertidas! E fique por dentro de tudo O que vai bombar nos casamentos em 2017: especialistas respondem!

Entre em contato com as empresas mencionadas nessa matéria

Deixe seu comentário

Cerimônia laica: 5 ideias de rituais simbólicos para fazer no seu casamento
Cerimônia laica: 5 ideias de rituais simbólicos para fazer no seu casamento
Para deixar a cerimônia única e diferenciada, uma dica é apostar nos rituais, que são cada vez mais buscados pelos noivos e podem ser realizados por celebrantes e até por familiares e amigos do casal.
Assessoria: Matrimoni Assessoria | Foto: Cleiton Tiburcio
Quanto tempo a noiva pode se atrasar para a chegada na cerimônia? Já pensou sobre isso?
O atraso da noiva é algo que muitos já esperam. Às vezes ele é proposital, outras não. Veja o que assessoras e wedding planners tem a dizer sobre os famosos atrasos das noivas!
Cerimônia de casamento: qual o limite entre descontraído e engraçado em excesso?
Cerimônia de casamento: qual o limite entre descontraído e engraçado em excesso?
Um celebrante pode ser engraçado? O que pode ser considerado um excesso? Para responder essas e outras perguntas, conversamos com dois experientes profissionais e trouxemos aqui, para este post. Não perca o cerimônia de casamento: qual o limite entre descontraído e engraçado em excesso?

Crie grátis um site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar no Zankyou!
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 23 países. Mais informações