X

Tudo o que você precisa saber sobre o traje do noivo

O cravo na lapela independe de qualquer coisa. Lindo, sempre! Foto: Marina Lomar

Quando o casamento começa a ser planejado, não há dúvida de que o vestido da noiva passa a ser um dos principais tópicos da lista, sempre alvo da curiosidade das amigas, madrinhas e membros – femininos – da família.  Mas, de nada adianta a noiva estar deslumbrante no altar, se a outra metade do casal não estiver à altura. Uma situação relativamente simples de ser evitada, mas que exige atenção, dedicação e conhecimento de alguns detalhes sobre o traje do noivo. Por isso, aqui vão algumas dicas para o noivo fazer bonito no grande dia, que também é dele!

Para o dia, bege claro é uma ótima pedida. Foto: Giorgio Armani Watches divulgação

Terno ou costume: o terno consiste em paletó, calça e colete e o costume é a composição de paletó e calça sem colete. Essa escolha depende completamente do nível de formalidade do casamento e do estilo do noivo, assim como combinar com o tipo de visual que a noiva irá adotar. Por isso, é bom que ela participe da escolha, pois o noivo geralmente não conhece o vestido da noiva antes da cerimônia.

Costume preto e gravata prata e o lilás para um toque sofisticado: para não cometer erros. Fotos: Black Tie (esq) e Carlos Pignatelli para Black Tie (dir)

Cores: se o casamento for de dia, o noivo deve optar por cores mais claras como o bege e o cinza claro. À noite, o cinza chumbo e o preto não têm erro!

Terno customizado para um noivo fashios. Foto: Ricardo Almeida divulgação

Flor na lapela: sempre muito elegante e independe de tudo. A dica é escolher uma flor da qual se compõe o buquê da noiva.

A lapela combinando com o buquê da noiva. Foto: Eric Velado

Comprar, alugar ou mandar fazer? Os trajes prontos são escolhidos na loja e para os quais se pedem eventuais ajustes, como o comprimento da manga, o tamanho da cintura e o comprimento da barra ou do blazer.  No caso dos costumes e ternos semiprontos e sob medida, o noivo experimenta uma base e podem variar o tecido, o tamanho da lapela, o comprimento geral, o comprimento da manga. A terceira opção são os trajes de aluguel que são uma opção para roupas mais especiais como fraque e meio-fraque, por exemplo.

Saiba mais sobre “”
O principal ponto do traje do noivo é o caimento no noivo. Foto: Aramis divulgação

Essas são algumas informações fundamentais a serem pensadas antes de escolher que roupa seu querido irá usar no grande dia do casal. Mas, o mais importante, é entender primeiro o que cai bem no noivo, tomando por base, seu tipo físico.

O terno tem que ter a cara do noivo e combinar com o visual da noiva para não destoar! Foto: Marina Lomar

Dê uma ajudinha para eles, assim você não correrá riscos!

Gostou deste artigo? Compartilhe

Mais informação

Comentários (5)

raquel.diias
6 set de 2013

A camisa do noivo tem que combinar com alguma coisa da noiva ou decoração

Responder
Rafaella
10 set de 2013

Olá, Raquel. Não necessariamente. Mas ambos devem ter o mesmo estilo para que não destoem no altar.

Vitor
13 jul de 2015

Rafaella, boa noite. Como saber a combinação de estilos, uma vez que o vestido e o traje do noivo têm características tão difereciadas? Gostaria, se possível for, de dicas e informações(por e-mail). Grato.

Responder
Cidinha
21 maio de 2016

Oi padrinhos com gravata prata e madrinhas vestidos nos tons de rosa ,qual cor de lapela combina?

Responder
Renata Vazquez
2 jun de 2016

Como a gravata prata é super neutra, por isso vocè pode escolher qualquer cor para a lapela que vai ficar bacana.Dá uma olhada nessa matéria com dicas bem legais.
http://www.zankyou.com.br/p/como-combinar-terno-e-lapela-dicas-dos-experts-para-ser-o-noivo-mais-elegante Um beijo.

Deixe seu comentário

Crie gratuitamente o site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa no Zankyou?
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 20 países. Mais informação