Vivienne Westwood 2016: Red Label é pura revolução nesta primavera-verão!

Vivienne Westwood 2016: Red Label é pura revolução nesta primavera-verão!

God save the Queen! Punk, anarquista e consciente: Vivienne Westwood é a "vovó" mais revolucionária da indústria da moda!

  • Convidados
  • Vestidos de festa
  • Fashion week
  • 2016
  • Videos

Vivienne Westwood é uma estilista que sempre marcou tendências em todos os sentidos e atualmente levanta a bandeira a favor do planeta Terra. Na sua coleção primavera-verão 2016 apresentada na London Fashion Week mais uma vez transgrediu com a sua coleção de modelos revolucionários e qualificados, pela própria, como “desequilibrados”.

O desfile, que aconteceu no meio de um protesto com cartazes, caras pintadas e um ambiente parecido às zonas industriais da antiga Londres, conseguiu reunir moda + declarações políticas anarquistas que podiam ser lidas nos cartazes de algumas das modelos com coloridos fascinators em forma de coroa, que deram um toque divertido à coleção: Referência ao PUNK?

Os modelos de inspiração andrógina onde uma camisa masculina é transformada em um vestido mega sensual também apresentaram estampas florais, maquiagem escura tipo “Mad Max” e vestidos leves, em forma de U. Os vestidos midi e uma ampla seleção de tons azuis, laranjas, vermelhos e amarelos jogando com o tradicional preto e branco também marcaram presença nesta coleção.

Vivienne Westwood é uma senhora de 74 años mais lúcida do que nunca, e se ontem a sua revolução era punk, hoje ela está mais na moda que ninguém, com seus protestos a favor da natureza – Quem não lembra do episódio no qual ela levou um tanque à casa do primeiro ministro britânico David Cameron? E do “Flash Mob”  feito por um grupo de modelos vestidos com a sua nova coleção e protestando contra a utilização de animais na indústria cosmética? Palmas para a “vovó” Vivienne e longa vida às suas coleções e ao seu gênio! Já diziam os Sex Pistols: “God save the Queen”!

Foto portada: Vivienne Westwood Website . Vídeo: Rightster