Decoração botânica e descontraída no casamento de Bruna e Jean

  • Casamentos reais
  • Galleries

O destino de Bruna e Jean já estava cruzado muito antes do que eles imaginavam. Ele saia de um relacionamento longo e ela estava no auge de sua “solteirice”, mas a relação saltou de “conhecidos do trabalho” para amigos quando as caronas para a mesma faculdade começaram a acontecer. Não demorou muito para começarem a sair e menos ainda para que ele já estivesse passando as festas de fim de ano com a família dela.

Daí já não tinha desculpa, no início de 2015 veio o pedido de namoro e logo depois a compra de um apartamento na planta apenas uniu ainda mais os planos futuros de Bruna e Jean. Em 2018 o casal de, até então, namorados pegou as chaves do novo lar e mais uma vez a virada de vida foi acompanhada de um novo pedido, dessa vez o pedido de casamento.

salvar
Foto: Victor Silvério & Di Taramelli Fotografia

Quando começou o planejamento de seu casamento, Bruna sabia o que não queria: “Não fui o tipo de noiva que queria um casamento clássico, com vestidos armados, flores brancas em arranjos certinhos demais (risos). Busquei por algo mais moderno, descontruído, e que trouxesse o verde da natureza, algo que fosse ‘fora do padrão’ dos casamentos, algo que fosse único”, conta. Entre as escolhas, ela optou por  trocar as flores clássicas por folhagens, trazendo um tema mais botânico, e trocando o famoso tapete vermelho por um tapete verde.

salvar
Foto: Victor Silvério & Di Taramelli Fotografia

Bruna não queria ser a típica noiva nervosa com o planejamento do seu casamento, então contratou e confiou tudo a sua cerimonialista, sempre dialogando e trazendo referências do que mais a agradava. “Por incrível que pareça, não ficamos nervosos durante a organização, foi super leve… Ficamos nervosos apenas no dia mesmo”, lembra.

A confiança dos noivos nos profissionais envolvidos facilitou e muito a organização. Eles deram liberdade para o espaço, a decoradora e outros fornecedores sugerirem propostas sem muita interferencia do casal. Ela conta que “ficou tudo perfeito, mais perfeito do que imaginava. Acho que se eu tivesse opinado não ficaria tão lindo como ficou. Até no caso do meu bouquet eu pedi para me surpreenderem e ficou lindo”.

salvar
Foto: Victor Silvério & Di Taramelli Fotografia

Esse nervosismo no dia do casamento tinha uma razão importante, a chuva. A noiva conta que choveu durante todo o dia e só parou uma hora antes da sua entrada. Este também foi o momento de maior emoção da cerimônia: “Durante toda a organização eu brincava que se ele não chorasse na minha entrada eu não ia entrar (risos) e ele sempre me falava que não chora e que dificilmente iria chorar no dia, mas chorou, chorou muito ainda… e ver ele chorando de emoção me deixou tão alegre que quando nos encontramos no altar eu só conseguia rir”, lembrou.

salvar
Foto: Victor Silvério & Di Taramelli Fotografia

Após o casamento, Bruna foi categórica na hora de aconselhar outras noivas: Tenham um cerimonialista. Isso foi o mais importante, não
tivemos nenhuma preocupação durante a organização, nenhum problema. Ficamos super tranquilos e se teve algum problema, ela soube
resolver porque não chegou nada em nossos ouvidos”, e complementa “Outra dica tão importante quanto é o de escolher bem o seu fotógrafo. A festa passa, as fotos ficam”.

salvar
Foto: Victor Silvério & Di Taramelli Fotografia

Lista de fornecedores

Salão de festas e buffet: Canoa Buffet | Decoração: Flor Brasileira | Fotógrafos: Victor Silverio e Di Taramelli | Vestido: Renata Venturine | Dia da Noiva: Spa da Beleza 119 | Maquiadora: Kerly Costa | Cabelereira: Fátima | Cerimonialista: Marcela Haeck | Noite de Nupcias: Hotel Matiz

 

Escolha os fornecedores que você quer contatar.

Flor Brasileira Decoradores casamentos
Victor Silvério & Di Taramelli Fotografia Fotógrafos para casamentos
Canoa Buffet Buffets e banqueteiros