Mais do que orgulho, o Zankyou celebra hoje o amor sem etiquetas… e nos outros 364 dias do ano também!

Mais do que orgulho, o Zankyou celebra hoje o amor sem etiquetas… e nos outros 364 dias do ano também!

Nós do Zankyou celebramos o amor livre: um amor sem restrições, condições ou estereótipos. Um amor onde um sentimento puro flui entre duas pessoas, independentemente do sexo, que se complementam e buscam a felicidade. Feliz Dia do Orgulho LGBTI.

  • Atualidade
  • Homossexual

Hoje, como em todos os dias 28 de junho desde 1969, comemoramos o dia quando o amor deixou – ou está deixando – de ser uma etiqueta que alguns podem celebrar com orgulho, para se tornar uma celebração global, onde a premissa é que esse sentimento não tem nome, idade, sexo, religião, nem hashtags para ser vivido e apreciado. E no Zankyou, como precursores do amor, apostamos nisso: um amor sem rótulos.

salvarEnfoque Films
Foto: Enfoque Films

Todos nós conhecemos a história – décadas atrás – que precede o movimento LGBTI, uma história marcada por bravos homens e mulheres que levantaram suas vozes para mostrar que o amor não é um crime ou uma heresia. Não, o amor é a amostra mais autêntica do ser humano para elevar sua vida em direção à plenitude e felicidade, não importando quem é o receptor desse sentimento.

salvarJuan Arango Fotógrafo
Foto: Juan Arango Fotógrafo

Gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros, intersexo… definição do coletivo que prega e luta por seus direitos, imerso em uma sociedade que os cataloga e classifica, talvez produto de uma formação acadêmica que é nutrida por um ambiente cultural, onde parecer “atípico” ainda é estigmatizado e onde ainda há trabalho a ser feito, mas sem diminuir o progresso que é agora visível nos círculos da sociedade.

salvarFernando Martínez Fotografía
Foto: Fernando Martínez Fotografía

E são esses avanços, pequenos, mas que, em suma e ao longo do tempo, reverteram em mudanças importantes e transcendentais. Mais de 20 países aprovaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e leis e decretos foram criados para proteger e guardar os direitos dessas pessoas. Em nosso país, foi em 2013 quando o Conselho Nacional de Justiça validou a norma dos casamentos homoafetivos para todos os cartórios do país. Você vai amar o mini wedding rústico chic de Gustavo & Márcio: cerimônia super elegante e animada em Florianópolis com toques DIY!

salvarEnfoque films
Foto: Enfoque films

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Sendo assim, a mensagem do Zankyou não é exaltar o amor de um coletivo dentro de um coletivo apenas em um dia do ano. Não! Nós celebramos o amor também nos outros 364 dias, indistintamente da crença, gênero ou ideologia, já que esse sentimento tende a enganar esses obstáculos e invade o coração de duas pessoas.

Delas depende que o amor seja fortalecido e nutrido para viver, uma vida em conjunto, mas não sem antes, passar pelo altar e que sejamos testemunhas e divulgadores desta bela união como o casamento de Ana Luisa e Barbara ou de Naldo e Bruno. E, o que é amor livre? Bem, nosso vídeo te conta um pouquinho…

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!