As 10 melhores cidades para morar do MUNDO: você vai querer se mudar!

As 10 melhores cidades para morar do MUNDO: você vai querer se mudar!

Se for visitar algum destes belos lugares do mundo, procure um hotel, deixe a mala de lado, e aproveite cada segundo da vida nestes recantos.

  • Vida a dois
  • Recomendações

O planeta Terra é um lugar cheio de contrastes culturais. O Zankyou também mantém um espírito super cosmopolita, já que convivemos, em perfeita sintonia, colaboradores do mundo inteiro. Para honrar esta filosofia, fizemos um enquete para determinar quais são as melhores cidades do mundo para viver. Depois de visitá-las, muita gente pensa em se mudar.

Conheça os 20 melhores blogs de viagem para lua de mel: encontre TUDO o que você procura!

salvarFoto: Shutterstock - Scanrail1
Foto: Shutterstock – Scanrail1

Lisboa (Portugal)

Lisboa caiu no gosto dos modernos e hipsters hipnotizados por sua história e charme peculiar. É uma cidade única, complexa, dona das paredes de azulejos mais maravilhosas do mundo onde convivem os portugueses de sempre, mas também os jovens que a escolheram para visitar durante intercâmbio ou turismo.

A gastronomia é excelente e acessível, suas ruas são labirintos para se perder e enriquecer com a criatividade vista em todos os lugares. Existem locais míticos, como a Torre de Belém, a Catedral da Sé, palácios e a Praça do Comércio. Mas há muitas opções para curtir a agitação noturna do Bairro Alto, centros de encontros boêmios para os mais curiosos e uma aura especial que é sentida a cada passo. Também são organizados grandes festivais e festas de rua, como a Festa de Santo Antônio que acontece no verão.

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

Conheça outros 10 lugares mágicos espalhados pelo mundo: perfeitos para um pedido de casamento ou lua de mel dos sonhos!

salvar
Foto: ESB Profissional

Toronto (Canadá)

Uma das cidades mais cosmopolitas do mundo, sua população é formada, em grande maioria, por pessoas que não nasceram lá, mas todos vivem em perfeita comunhão com a grande mistura de nacionalidades e estilos. É uma potência financeira e uma das cidades mais seguras do mundo. Apesar da exuberância tecnológica e arquitetônica, Toronto tem explorado com maestria seu lado mais natural: parques por todos os lados da cidade, bem como trilhas para prática de esportes e uma balsa que leva a um parque com praia.

Os serviços básicos são acessíveis, o sistema de transporte público, primoroso, e é uma cidade cheia de associações voluntárias. Suas áreas residenciais contam com alguns condomínios completos que têm de tudo e funcionam muito bem. Os canadenses têm um dos melhores sistemas educacionais do planeta, portanto, todas as escolas são autênticas referências mundiais.

salvar
Foto: Shutterstock – Kiev Victor

Luxemburgo (Luxemburgo)

Luxemburgo parece isolada do mundo e é a grande desconhecida da Europa, mas é também um grande tesouro que bebe da essência europeia. Seu estilo é medieval e muito europeu, mas com personalidade própria: telhados negros e pontiagudos e fachadas em tons pastel. O centro histórico é Patrimônio da Humanidade: sua construção é dividida em La Ville Haute (Cidade Alta) e La Ville Basse (Cidade Baixa), separadas apenas por escadas e lombas. A natureza no meio da cidade é uma constante e combina muito bem com os demais edifícios. Uma cidade de conto de fadas, com uma história mágica e desconhecida.

A capital do Ducado do Luxemburgo se destaca como uma das mais seguras e tranquilas do planeta. Embora tenha o aspecto característico da Idade Média, abriga instituições europeias que a tornam uma interessante capital econômica, política, social, cultural e sobretudo, cosmopolita. A caminhada do Carniche é considerada a mais bela varanda da Europa, com as muitas pontes sobre os rios Alzette e Petrusse e com mirantes para os vales de águas calmas. Luxemburgo, definitivamente, valoriza o espírito romântico e boêmio.

Croácia: lua de mel com toques medievais e mediterrâneos

salvar
Foto: Shutterstock – Gevision

Melbourne (Austrália)

Escolhida várias vezes como a melhor cidade para se viver. O legado britânico é visto em sua rica arquitetura vitoriana que, junto aos edifícios mais contemporâneos, cria um mar de contrastes fabulosos. Além disso, Melbourne é a cidade do esporte, pois acontecem vários eventos em seus inúmeros parques (Alberta Park, Jardim Botânico…) nos quais é possível praticar e assistir jogos amadores.

O sistema de transporte elétrico é perfeito e atravessa toda a cidade, junto a ele, as ciclovias percorrem o mesmo trajeto. Outro destaque é o aparato marítimo que tem a praia Bells como grande referência, graças ao surf e aos ambientes ao redor para lazer. A oferta cultural é invejável e perfeita para longas caminhadas em lugares especiais. O Southbank é margeado pelo rio Yarra e oferece espetáculos de rua de valor inestimável. O Chapel Street é outro de seus bairros de destaque onde os jovens dão o tom ao estilo de vida alternativo.

salvar
Foto: Ymgerman

Madri (Espanha)

Uma cidade que tem praticamente tudo. Um local onde a rua é apreciada, onde o lazer e a filosofia de bar potencializam as relações sociais, o ambiente agradável e as grandes histórias. Apesar de ser uma capital, há inúmeras maneiras de se divertir de forma acessível. É uma cidade imponente com prédios, ruas e ambientes emblemáticos como o Palácio Real, a Plaza Mayor e o parque do Retiro; mas também é uma cidade jovem e cheia de vida tendo em bairros como Malasaña e Lavapiés seus redutos de público alternativo. Terraços dispostos no nível da rua e nos assombrosos telhados são famosos em todo o mundo, igualmente os parques para se perder na natureza em meio ao tumulto. 

Madri é um marco da cultura onde viveram grandes artistas e realizaram algumas das mais representativas e famosas obras do mundo da arte. Nos museus e salas de exposições de fama mundial e local, é possível apreciar esta fonte de criatividade. Também é um exemplo de mobilidade, com excelentes sistemas de transportes, de tolerância e de multiculturas

Leia também: As 10 cidades mais românticas do mundo para sua lua de mel!

salvar
Foto: Shutterstock – Matej Kastelic

Chicago (Estados Unidos) 

Embora existam outras cidades de renome, Chicago é uma das mais completas para se viver. Foi lá que se construiu o primeiro arranha-céu do mundo e, portanto, esta forma de arquitetura tem sido explorado ao máximo, se destacando aqui as imponentes Sears Towers. O burburinho dos espaços comerciais como Magnificent Mile e dos locais de lazer como Navy Pier combinam com os parques gigantes que atuam como pulmão da cidade.

Assim como em Nova York, Chicago também possui bairros conhecidos em todo o mundo, destacando-se Chinatown e Littletaly. Mas existem também vários bairros com diferentes estilos de pessoas, como Andersonville e Lincoln Park, maravilhosos para viver e para degustar comidas variadas. Além disso, Chicago é uma cidade jovial, com alunos espalhados em todas as partes, graças as universidades centrais, e que passam grande parte do tempo ao redor do Lake Path e Lake Shore Drive.

salvar
Foto: Shutterstock – Marchello74

Singapura (Singapura)

Singapura é um país soberano, que faz fronteira com a China e a Índia. Com uma das maiores rendas per capita do planeta, é um dos mais prósperos do mundo e tem todas as virtudes que o tornam essencial. Morar ali é seguro e considerado um luxo, pois sua educação, saúde, transparência política e competitividade econômica estão entre as mais importantes do mundo.

Seu papel como cidade é protagonista no mundo inteiro e poderia ser considerada uma cidade completa. Preenchida por um impressionante bosque de arranha-céus, com áreas modernas de lazer como o Clarke Quay e alguns dos mais tradicionais como o Boat Quay. A cidade também tem conseguido se manter na excelência do dia a dia, com grande potencial para lazer e o melhor da natureza com lugares especializados para diversão. Neste sentido, o governo de Singapura tem feito esforços para conservar o meio ambiente e tem reduzido a poluição restringindo o uso de veículos particulares. 

Veja aqui: Lua de mel exótica na Índia: magia, cor e diversidade na viagem da sua vida!

salvar
Foto: Shutterstock – Sean Pavone

Berlim (Alemanha)

Berlim é uma cidade com história, aprendizados, grandes lições de vida e acima de tudo, um reduto de espíritos livres. É uma das cidades modernas por excelência, com um dos movimentos alternativos e boêmios mais importantes do mundo, onde jovens e idosos compartilham suas ideias e criatividade para fazer do mundo um lugar mais atraente, culto e livre. No saldo da efervescência,  são os estrangeiros que mais se agarram a sua personalidade vibrante.

Apesar de estar no centro da Europa, viver em Berlim não é caro. Seus inúmeros parques homenageiam a natureza e o idioma inglês é tão usado quanto o alemão. É uma cidade de artistas e muitos dos trabalhos corporativos estão em outras cidades alemãs. O verão transforma a cidade em um viveiro de festivais e espetáculos ao ar livre. No inverno, as cafeterias hipster, clubes, discotecas underground no bairro Kreuzberg e lugares de encontro alternativo como o Parque Urban Ufer são as principais formas de vida para os jovens. No entanto, sua história começa nos museus e memoriais que sensibilizam os habitantes e turistas com as lembranças únicas da humanidade, como o Muro de Berlim, o Portão de Brandemburgo e o Checkpoint Charlie 

salvar
Foto: Shutterstock – Canadastock

Tóquio (Japão)

Uma referência no mundo por sua excelente qualidade de vida e a mistura perfeita de ambientes. Assim convivem bem o “ir e vir” frenético do dia a dia no cruzamento de Shibuya Crossing, ponto mais importante do centro; a calma de seus santuários e templos, como o Santuário Meiji Jingu ou o Templo de Sensoji, que são paraísos de paz, onde o espírito é fortalecido. Outro lugar especial é o Monte Takao, perfeito para desconectar-se do mundo e se deixar levar pela natureza.

Seu compromisso com a tecnologia é tão ambicioso que Tóquio é uma das cidades mais sofisticadas neste quesito. São centros de pesquisa que abrem suas portas para o público em geral, lojas semelhantes aos espaços de recreação popular, inovações espetaculares e projetos que melhoram o rendimento da cidade, como o célebre trem bala e todo seu maravilhoso sistema ferroviário. Além disso, sua gastronomia é uma ode às artes culinárias. A vida noturna de suas boates, pubs, bares, karaokês e numerosos parques são uma homenagem a arte de vanguarda. Em geral, se respira excentricidade que é recriado em cada um de seus lugares e é isso que a torna diferente de qualquer cidade do mundo.

Que tal um jantar romântico com seu amor? Conheça os 10 restaurantes mais românticos do mundo!

salvar
Foto: Shutterstock – f11photo

Copenhague (Dinamarca)

Como Amsterdam, Berlin ou Burdeos, Copenhague é uma cidade perfeita para andar de bicicleta. Sua topografia contribui para isso, bem como o espírito de preservação do meio ambiente que é exercida pelo governo e pela população. Portanto, mais da metade dos habitantes utilizam as ciclovias que são adaptadas a livre circulação neste berço viking.

A oferta cultural de Copenhague é ampla e variada. Sua vida noturna no centro é muito animada e a cidade, um monumento em toda sua extensão, é digna de qualquer viagem, fotografias e experiência. Desde a célebre Nyhavn, pintada com bom gosto e ancorado no cais, até os palácios de Amalienborg ou os parques Rosenborg ou Frederiksberg, toda a cidade é um presente. Além disso, Malmö na Suécia é uma visita obrigatória, graças a ponte que une Dinamarca e Suécia.

Lua de mel para casais aventureiros: 5 destinos para viver essa viagem inesquecível!

salvar
Foto: Shutterstock – Scanrail1

Se apaixonou por alguma destas cidades? Às vezes, acreditamos que só poderemos ter um amor, mas com esta séria de belas cidades, parece impossível não sofrer com uma explosão sentimental. Se for visita-las, já sabe: poderá não querer voltar! Veja também, quais são os 10 destinos de lua de mel preferidos pelos casais atualmente!

Comentários (1)

Deixe seu comentário

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!