Casamento com estrangeiro: confira o que é essencial para casar

Casamento com estrangeiro: confira o que é essencial para casar

O casamento com um estrangeiro exige uma série de documentos específicos, além de uma boa dose de bom senso na hora de organizar uma cerimônia que irá reunir diferentes culturas e idiomas. Confira nossas dicas imperdíveis!

Casamento com estrangeiro: confira o que é essencial para casar
  • Trâmites casamento
  • Recomendações
  • Noivos

Organizar um casamento dá trabalho, mais ainda se envolver noivos de diferentes culturas! É preciso estar informado sobre os trâmites legais que envolvem o casamento com um estrangeiro, seja dentro ou fora do Brasil. Além disso, tradições e costumes na hora de se casar podem ser muito diferentes em outros países

Veja também: O GUIA definitivo do seu Destination Wedding!

Se você está vivendo um noivado com um estrangeiro, sabe bem que normalmente já acontecem confusões de significados, seja pela diferença de idioma ou cultural e na hora de organizar seu casamento não será diferente. Para facilitar sua vida, listamos o que há de mais importante para vocês darem início na documentação e organização deste dia tão especial para o dois:

salvarcasamento estrangeiro
Foto: Amanda Francelino

Veja também: Como escolher o vestido de casamento em 5 passos

Documentação para casamento com estrangeiro no Brasil

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

É importante informar-se, logo de início, sobre todos os documentos que serão necessários para o casamento. Já sabemos que em solo brasileiro existe uma série de documentações para dar início aos trâmites legais de um casamento civil, e se você irá se casar com um estrangeiro no Brasil não será diferente.

Veja também: Saiba o que é mais importante na organização do seu casamento civil

Documentos para se casar com um estrangeiro solteiro

– Certidão de nascimento original legalizada traduzida por tradutor público juramentado no Brasil e registrada no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

– Declaração de estado civil original legalizada traduzida por tradutor público juramentado no Brasil e registrada no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

– Passaporte original com o carimbo de entrada no Brasil, mesmo em caso de validade como turista

Documentos para se casar com um estrangeiro divorciado

– Certidão de divórcio original legalizada traduzida por tradutor público juramentado no Brasil e registrada no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

– Certidão de casamento original legalizada traduzida por tradutor público juramentado no Brasil e registrada no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

– Passaporte original com o carimbo de entrada no Brasil, mesmo em caso de validade como turista

Documentos para se casar com um estrangeiro viúvo

– Certidão de óbito original legalizada traduzida por tradutor público juramentado no Brasil e registrada no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

– Certidão de casamento original legalizada traduzida por tradutor público juramentado no Brasil e registrada no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

– Passaporte original com o carimbo de entrada no Brasil, mesmo em caso de validade como turista

salvar
Foto: Taty Gonini

Documentação para casamento com estrangeiro no exterior

No caso de sua cerimônia acontecer na país do amada ou amado estrangeiro, é preciso se informar localmente, pois cada país possui sua própria legislação. Não deixe de contar com a família e contatos do noivo estrangeiro, que provavelmente saberão onde e como se informação sobre os trâmites.

O casamento com estrangeiro celebrado no exterior é válido no Brasil, mas para produzir efeitos jurídicos é preciso ser registrado também por aqui. De acordo com as informações disponibilizadas pelo portal do Itamaraty, o registro precisa acontecer primeiro na Repartição Consular brasileira e depois no Cartório do 1º Ofício do Registro Civil do seu munícipio em um prazo de 180 dias após o casamento ou, em caso de viverem no exterior, em sua primeira oportunidade de viagem ao Brasil.

Veja também: O guia perfeito para organizar um mini wedding

Os documentos para o registro do casamento no Cartório são:

a) Formulário de Registro de Casamento

b) Certidão local de casamento já legalizada pela Repartição Consular brasileiro

c) Pacto antenupcial, se houver. Neste caso, apresentar o original e, quando julgado necessária pela Autoridade Consular, a tradução oficial para o português ou inglês

d) Documento de identidade do cônjuge brasileiro

e) Certidão de nascimento do cônjuge brasileiro

f) Passaporte e certidão de nascimento do cônjuge estrangeiro

g) No caso de cônjuge estrangeiro: declaração, assinada perante a Autoridade Consular ou com firma reconhecida perante as autoridades locais, da parte estrangeira de que nunca se casou e se divorciou de um(a) brasileiro(a) antes do atual casamento.

h) Se um dos cônjuges ou ambos forem divorciados, devem também apresentar:

– Certidão de casamento com a averbação do divórcio ou certidão de óbito no caso do conjunge brasileiro
– Documento comprobatório do divórcio no caso do cônjuge estrangeiro
– Se o estrangeiro é divorciado de um brasileiro, deverá apresentar a homologação do divórcio pelo Superior Tribunal de Justiça, no Brasil, mesmo que o casamento não tenha sido registrado em Repartição Consular brasileira.

Casamento com estrangeiro por procuração

Também é possível validar seu casamento com um estrangeiro no Brasil por meio de uma procuração. A procuração é um mandato no qual uma terceira pessoa recebe poderes para, em seu nome, administrar juridicamente alguns tipos de interesses em solo brasileiro. No caso do casamento é sim possível validar por procuração, mas este precisa ser público e registrado de acordo com a legislação brasileira.

Segundo o portal Itamaraty, tanto o brasileiro, quanto o estrangeiro, tendo ele a carteira do Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) ou não, podem buscar a procuração como uma forma de registrar seu casamento no Brasil.

A documentação necessária para cada perfil você pode conferir no site do Itamary.

salvar
Foto: Vinicius Matos

Direitos de um casamento com estrangeiro

Seja em solo brasileiro ou estrangeiro, um casal terá direitos matrimoniais desde que se casem de acordo com as legislações locais. Estes direitos também irão variar de acordo com as leis de casa país.

No caso do Brasil, se o casamento estiver registrado e declarado publicamente de acordo com a legislação brasileira, o casal obterá todos os direitos de qualquer casal brasileiro nas mesmas condições.

Outra possibilidade é a autorização de residência ao estrangeiro com base em reunião familiar. Você poderá obter mais informações no portal da Polícia Federal.

Veja também: Como calcular o orçamento de seu casamento em 5 passos.


A organização de um casamento com estrangeiro

Com tanta variedade, o casamento entre culturas diferentes exige uma boa dose de bom senso, o que muitas vezes, obriga os casais a abrirem mão de alguma coisa em prol do outro, mas com dedicação é possível planejar um casamento único, com o melhor da cultura de cada um dos países. Há muitos fatores que devem ser levados em conta durante toda a elaboração do casamento com estrangeiro. Confira abaixo algumas dicas e ferramentas para extrair o que há de melhor dessa junção de culturas:

Casamento bilingue

Provavelmente seu casamento irá reunir a família e amigos de ambos e, caso a língua seja diferente, é preciso garantir que os convidados estrangeiros não ficaram perdidos nem antes, nem durante a cerimônia.

Um toque delicado e refinado é traduzir tudo para a família estrangeira que fará parte do casamento. Convites bilíngues, plaquinhas indicativas, menu nas duas línguas e, claro, prestar atenção no menu servido. Em algumas culturas, as vacas são animais sagrados e seria uma afronta servir qualquer prato com este tipo de carne para seus convidados, por exemplo. Pesquise para não errar!

Veja também: 10 ideias para organizar um  casamento simples e econômico 

salvar
Foto: Zi Fernandes

Invista na lista de casamento online

Mais complicado que gerir os convidados é pensar na logística de presentes de casamento. O ideal é apostar na lista de casamento online, mas cuidado, pois taxas de transações internacionais poderão ser uma dor de cabeça!

O Zankyou tem muitos noivos estrangeiros e já sabemos que a lista de casamento online facilita e muito a vida de casais que moram fora e não podem receber presentes físicos ou ajuda os convidados que não moram no Brasil a enviarem o presente. O melhor de tudo é que a lista de casamento do Zankyou não cobrar taxas adicionais de transação internacional. Portanto, se é este o seu caso, sem dúvida fazer uma lista de presentes no Zankyou vai facilitar, e muito, a vida de vocês e de seus convidados!

Veja também: O que incluir em sua lista de presentes de casamento

Explore a temática cultural

Uma das coisas mais bacanas do casamento com estrangeiro é aproveitar os detalhes da cultura e gastronomia para usar no casamento. Valorizar as inúmeras possibilidades decorativas, incluir pratos locais de outros países no menu do grande dia ou até fazer toda a celebração do estilo do noivo ou noiva de fora do Brasil.

A pista de dança também pode mesclar músicas que marcam a cultura de ambos os países. Imagine que inesquecível para seus convidados que além de celebrar o amor dos dois, poderá experimentar um intercâmbio cultural único!

Veja também: Como escolher o buffet de casamento em 5 passos

salvar
Foto: Afri-Love

Não é incrível imaginar que você encontrou o amor da sua vida do outro lado do mundo? E que vocês, mesmo nascidos em países e culturas diferentes foram feitos um para o outro? Se vocês conseguiram vencer a barreira da distância, é a certeza de que amor é forte. Então é só aprender a lidar com os outros detalhes que tudo dará certo.

Veja também: o que não pode faltar para que seu casamento seja inesquecível!