Coronavírus: assessoras de casamento recomendam o que fazer nesse momento

Coronavírus: assessoras de casamento recomendam o que fazer nesse momento

Conversamos com algumas das principais Wedding Planners do Brasil e elas contaram como estão lidando com o adiamento de casamentos devido ao coronavírus e ainda listaram conselhos para os noivos. Confira!

Coronavírus: assessoras de casamento recomendam o que fazer nesse momento
Foto por: David Thomaz via Unsplash
  • Atualidade
  • Conselhos
  • 2020
  • Brasil

Em 11 março a COVID-19, também conhecida como coronavírus, foi classificada como uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O aumento e expansão dos casos em escala global é seguido pela tendência de campanhas de prevenção, a começar pela quarentena para evitar a contaminação.

Isso tem impactado quase todos os setores, inclusive o  nupcial. Muitos países proibiram eventos e aglomerações e consequentemente também o acontecimento de casamentos. No Brasil medidas do tipo estão sendo tomadas, levando ao desespero muitos noivos com casamentos marcados nos próximos meses.

Nosso primeiro conselho é o de manter a calma e se informar. Por isso, conversamos com seis assessoras de casamentos, que contam como estão gerenciando o momento e elencam os principais conselhos para os noivos. Confira!

salvar
Foto: Dois Cliques Fotografia

Adiado sim, cancelado nunca!

Para asessora de casamentos Letícia Castro, da Le Cult, a principal dica para as noivas do primeiro semestre é antecipar o problema e trabalhar sob hipótese de adiamento e nunca de cancelamento. “Primeiro porque o sonho não acaba, apenas é adiado. Acabando esta crise, o que as pessoas mais irão querer é se abraçar, é comemorar a vida”, comenta.

Não perca as últimas novidades para o seu casamento

Assine nossa newsletter

A assessora nos conta que já trabalharam no adiamento de todos os casamentos do primeiro semestre para o segundo. “Conversamos com todas as noivas do primeiro semestre e definimos três possíveis datas para o segundo semestre. Então, a gente bateu a agenda de todos os fornecedores da lista delas, principalmente com os principais, que só fazem um casamento por dia, e conciliamos tudo. Por fazer isso com antecedência, 80% das noivas conseguiram manter todos os seus fornecedores para a nova data”.

Claudia Couttinho conta que estão trabalhando no adiamento dos casamentos até maio e mantendo conversas com os de junho e julho para que acompanhem as notícias e, se for preciso, decidir qualquer tipo de adiamento. Mas nada de cancelamentos:  “Como a gente não sabe o que vai acontecer, estamos orientando não cancelar, e sim adiar. Porque casamento é um sonho e nada faz com que a gente desista dele. A gente pode mudar as datas, diminuir o tamanho, mas cancelar não. Em nenhum momento nenhum de nossos noivos cogitaram a possibilidade de cancelamento”, conta.

E complementa: “Pode acontecer de noivos serem muito prejudicados financeiramente por tudo isso, mas temos a confiança de que não irão cancelar, poderão mudar para um miniwedding, um almoço com casamento no civil, mas cancelar não”.

salvar
Foto: Marco Costa

Quem também endossa a importância do adiamento ao invés do cancelamento é Luiza Abreu, da La Cita: “A gente aderiu à campanha “Não cancele, adie”, justamente porque acreditamos que o casamento é planejado com tanta antecedência, empenho, e dedicação que é triste ele simplesmente não acontecer”, comenta.

Para garantir os replanejamentos, a assessoria de Luiza tem auxiliado as noivas no que é necessário para fazer os adiamentos da melhor forma possível: “Não só nos preparativos, mas também no suporte emocional, porque a gente sabe que isso acaba gerando um incomodo por não ter saído como eles planejaram inicialmente”.

Ela também ressaltou a importância da colaboração de todo o setor: “A gente tem organizado novas datas com todos os fornecedores. Sem a cooperação deles, nada disso seria possível com tanto sucesso. Inclusive, para minimizar os danos, muitos fornecedores estão oferecendo incrementos para fazer com que o casamento seja ainda melhor”.

salvar
Foto: Lutterbach Fotografia

É hora de cogitar datas alternativas

Vanessa Aune aponta a importância de remarcar a data em dias e meses menos concorridos. “No segundo semestre os meses mais concorridos são setembro e outubro, então é melhor escolher outros para facilitar a conciliação”.

Ela lembra que contam com as fichas técnicas e agendas dos fornecedores, o que facilita o processo. Além disso, Vanessa ressalta a importância de ter calma e focar em uma negociação empática com os fornecedores: O coronavírus não é “culpa” de nenhuma das partes, por isso sugiro sempre entrar num acordo caso tenha algum cancelamento. Sem deixar de levar em conta o lado do fornecedor, que também está sendo prejudicado por essa crise global. O que tenho visto são noivas e fornecedores empenhados em chegar a um acordo que seja bom para todos. Que ambos fiquem felizes. É um momento que temos que unir forças, até porque trabalhamos com sonhos e eles precisam acontecer.

salvar
Foto: Lenine Serejo

Com a experiência de realocar datas de 17 casamentos, Letícia da Le Cult aconselha: “Sugiro casar-se na sexta à noite ou domingo no almoço, que é chiquérrimo. No domingo é até mais fácil de encaixar todos os fornecedores. Não vejo problema em conseguir chegar um pouco mais tarde no trabalho na segunda-feira, porque todos vão entender a situação e o porquê do adiamento”. Outra possibilidade que sugerimos, é pensar nos feriados como datas alternativas para remarcação.

Já o principal conselho de Luiza, da La Cita, às noivas é priorizar e ter claro aquilo que não queira abrir mão: “Por exemplo, realizar o casamento no sábado será mais difícil para conciliar a agenda de todos os fornecedores. Então na minha experiência, os casamentos que conseguimos adiar tranquilamente foram os já marcados na sexta, aqueles marcados no sábado que foram transferidos para o domingo, e aqueles que preferirem seguir com o sábado estando dispostos a perder um ou outro fornecedor. Então é preciso ter prioridades e ter clareza sobre o que está disposto a abrir a mão”.

salvar
Foto: Torin Zanette

Mantenham a calma

Manuella Gonçalez conta que foram feitos adiamento nos casamento de março a maio e que já trabalham um plano b com os casamentos de junho, mantendo pré-reservas de datas. Já o posicionamento com cerimônias a partir de julho é esperar os pronunciamentos oficiais.

O mercado de eventos permanece ativo, em modalidade home office, para que não haja nenhuma implicância maior junto aos planejamentos, todavia as degustações junto aos buffets, open bares e outros que exijam encontro pessoal, provavelmente só voltarão a ocorrer após segunda quinzena de abril.”, conta Manuella.

Letícia da Le Cult aponta um possível problema com os casamentos marcados para o segundo semestre: “Como não temos uma certeza sobre quando tudo irá voltar à normalidade, tememos que em breve as noivas com datas marcadas depois de agosto se desesperem. Estamos aconselhando às noivas do segundo semestre a não mudarem suas datas para o ano que vem e esperarem. Minha dica é que elas aguardem pelo menos até o final de maio e então, se for necessário, tomem alguma atitude”.

Letícia completa: “Para as noivas que ainda não fecharam, minha dica é que elas não desistam e sigam planejando e seu casamento. São elas que irão fortalecer o mercado, então precisam seguir pesquisando com calma e planejando tudo para também ajudar a fazer com que as coisas voltem ao normal”.

salvarCoronavirus casamento
Foto: Alexandre Rechtman

Anote as dicas e mantenha seu sonho!

Carolina Ferraz, da Céu de Tule, separou os conselhos para as noivas de acordo com o período marcado. Tome note!

Para casamentos marcados em março

Nessa altura, você provavelmente já mudou sua data e está vendo a data inicial chegando. Não fique triste imaginando como seria, imagine como será! Olhando para o futuro positivamente. Quando chegar a nova data do seu casamento todos estarão ainda mais animados e com vontade de festejar! Será ótimo comemorar com todos nessa mesma energia!  Se mesmo assim bater aquela tristeza no dia em questão, comemore dentro de casa mesmo! Um bom vinho, um jantar a dois… essa será mais uma data para celebrar. Se estiverem de quarentena separados que tal pegar um caderninho ou mesmo no celular e escreverem “O que me fez casar com você hoje ou em qualquer outro dia da minha vida.  Será delicioso você mandar e receber todo esse amor.

Para casamentos marcados nos próximos 3 meses

Vamos buscar uma nova data para essa união? Peça ajuda da sua assessora para mudança de data com seus fornecedores. Tente alternativas que mantenham seu “dream team” escolhido com tanto carinho. E lembrem-se, vocês não estão parando de sonhar, estão apenas adiando. O cara lá de cima não desistiu, ele está apenas caprichando!

Para casamentos marcados no segundo semestre

O importante agora é se manter calma e esperançosa. Faltam muitas semanas para seu casamento e o cenário muda de um dia para outro. Muita coisa pode acontecer. Siga seus planos normalmente enquanto observa o cenário mundial. Sua assessora irá te informar quando chegar a hora de tomarem uma decisão, mas por enquanto muita calma e positividade. Aposte nos aplicativos de meditação, leia livros com mensagens positivas, se cerque de coisas boas. Essa energia será muito importante para manter a serenidade.

salvarCoronavirus casamento
Foto: Rafael Karelisky

Conte com o Zankyou!

Nós, do Zankyou Weddings, somos apaixonados por casamentos e história de amor. Ajudamos, a cada ano, milhares de noivos em todos os assuntos relacionados ao grande dia em mais de 23 países. E agora não será diferente.

Noivos que tenham feita sua lista ou site de casamento conosco contarão com a extensão do serviço sem custos adicionais. Além disso, nossa equipe de assessores está à disposição caso você queira tirar alguma dúvida, fazer alguma sugestão, recomendação ou apenas conversar com a gente sobre o tema. Estaremos felizes em receber o seu contato e estamos prontos para te ajudar no que for preciso.

Agora que já tem todas as dicas, é hora de reorganizar seu sonho sem sair da quarentena! Aproveite também para conferir 10 coisas incríveis para fazer a dois em casa.

Escolha os fornecedores que você quer contatar.

Manuella Gonçalez Cerimonial e Eventos Assessoria casamentos e cerimonial
Vanessa Aune Cerimonial Assessoria casamentos e cerimonial
Céu de Tule Assessoria casamentos e cerimonial
La Cita Eventos e Produções Assessoria casamentos e cerimonial
Claudia Couttinho Assessoria & Cerimonial Assessoria casamentos e cerimonial
Le Cult Produções & Eventos Assessoria casamentos e cerimonial