Como fazer a lista de convidados para o seu casamento em 5 passos

A lista de convidados é um assunto muito importante que você deve definir o mais rápido possível. A partir da lista, você saberá o número de convidados e isso determinará o espaço escolhido, a gastronomia e, resumindo, uma infinidade de detalhes relacionados à organização e ao orçamento do seu casamento. Confira aqui as cinco etapas cruciais para realizar esta tarefa da melhor maneira possível.

Passo 1. Pense em uma cifra aproximada

Vocês não precisam ter a lista definitiva de convidados um ano antes do evento, mas sim um número aproximado de convidados com um tempo suficiente de antecedência para poder começar a organizar outros itens importantes do casamento.

Primeiro, você pode definir essa cifra aproximada pensando em números redondos com múltiplos de 50. Desta forma, você saberá que tipo de celebração você pode realizar e quais espaços são capazes de hospedá-la, com tudo o que cada um deles implica. Afinal, alguns lugares de celebração têm um mínimo ou um máximo de pessoas permitidas que o casal deve respeitar.

Por isso, é importante calcular o número de pessoas pensando em todos os convidados que vocês gostariam que fossem, mesmo sabendo que alguém poderá sair dessa lista no futuro. Assim, vocês poderão começar a planejar todo o resto do casamento.  

Como fazer a lista de convidados para o meu casamento
Lucas Dumphreys Fotografia

Passo 2. Estabeleça um orçamento

Um casamento é um momento muito especial que a maioria dos protagonistas quer compartilhar com o maior número de pessoas possível. Embora existam alguns noivos que preferem não complicar e convidar apenas o mais próximos, o mais normal é colocar em prática o famoso “quanto mais, melhor“. No entanto, é importante não enlouquecer, já que o número de convidados está intimamente ligado ao orçamento.

O valor do lugar escolhido, muitas vezes influenciado por esse número de convidados, costuma ser uma quantia que varia muito se você for mais ou menos flexível com a lista. O número de convidados também influencia no valor do buffet, open bar e lembrancinhas. Tudo isso tem um impacto no orçamento, então pense primeiro em quantas pessoas vocês podem convidar, em seguida, inclua ou exclua pessoas de acordo com as suas possibilidades financeiras.

Na hora de determinar esse orçamento, é importante ter em conta se seus pais ajudarão economicamente. Este costume pertence a outras gerações, mas há famílias que ainda ajudam seus filhos nesse quesito. Assim, deixando as tradições de lado, os pais sempre podem ajudar, desde que seja uma iniciativa própria e que possam permitir esse tipo de participação. A partir daí, com a ajuda financeira deles, talvez vocês possam convidar mais ou menos pessoas.

Ainda não sabe como começar a organizar o seu casamento? Baixe nosso eBook!

Como fazer a lista de convidados do meu casamento
Sitio Quero Quero Foto Divulgação

Passo 3. Escolha os convidados

Este é um dos momentos mais divertidos e ao mesmo tempo desesperadores na elaboração da lista. Porque, o que pode começar como um jogo, pode acabar se tornando um pesadelo onde o compromisso, a consciência e a necessidade se fazem presentes. Para lidar com essa complicada decisão é importante criar uma série de grupos onde você possa incluir todos os possíveis convidados, como por exemplo, familiares próximos, familiares mais distantes, melhores amigos, colegas de trabalho ou colegas e amigos do passado. A partir daqui, vocês decidem!

No entanto, existem certas regras que vocês precisam seguir se não quiserem causar problemas nos seus diferentes grupos sociais. Por exemplo, todos os seus familiares mais próximos devem estar nessa lista, assim como seus amigos íntimos. Já pensou deixar alguém fora dessa lista? Como seriam os próximos encontros depois disso? Com certeza, o clima entre vocês não seria o mesmo e poderia mudar a relação do grupo inteiro.

A partir disso, cada casal escolhe quem é mais ou menos importante na sua lista de convidados. Com certeza, seus pais obrigarão vocês a convidarem alguns familiares, mas se o orçamento é um problema, ou se vocês simplesmente não gostariam de ter essa pessoa no grande dia, talvez esse seja um sinal para não incluí-la na lista.

Chefes e colegas de trabalho devem ser convidados somente se você tiver um certo relacionamento ou trabalhar diretamente com eles, mas você não precisa convidá-los apenas por obrigação.

Por outro lado, sempre há amigos um pouco “avulsos”, que podem ser do seu presente, sem pertencer a grupos específicos, ou do passado, mas que ainda são importantes na sua vida e que você não poderia pensar no grande dia sem essa pessoa. Dependendo do orçamento e do resto dos convidados, uma vez que não é agradável ir sozinho a um evento como esse, você determinará se essa pessoa deve ir ao seu casamento ou não.

Nesta seção da organização, o compromisso em convidar certas pessoas é um dos principais obstáculos e geralmente o principal motivo que amplia a lista de convidados.

Nós do Zankyou, repetimos muitas vezes a máxima de fugir do compromisso, mas também sabemos que há exceções que merecem ser consideradas. Portanto, tenha em mente o tipo de celebração (íntima ou super casamento) e escreva uma lista de compromissos de acordo com a escolha final. Talvez não haja espaço para eles ou talvez você possa adicioná-los sem problemas.

Você ainda não decidiu se quer convidar crianças para o seu casamento? Entenda a polêmica sobre crianças em casamentos: vetá-las ou não da lista de convidados?

Como fazer a lista de convidados para o meu casamento
Foto Thibault Barre

Passo 4. Faça um rascunho

Chegou o momento de começar a definir os convidados e, para fazer isso, é preciso consultar algumas listas e concluir essa parte da organização com perfeição. O ideal é fazer duas listas, uma com as pessoas que vocês querem convidar sim ou sim, sem ter que pensar duas vezes, e uma segunda lista, por ordem de preferência, com pessoas como: pessoas que vocês querem convidar, mas não são familiares nem amigos próximos, ou aquelas que são convidadas por compromisso e que, com certeza, foram motivos de briga entre você e seus pais ou até mesmo com o seu noivo.

Com essa técnica, depois de enviar o primeiro lote de convites e começar a receber confirmações de presença ou de não assitência, vocês poderão convidar outras pessoas para preencher essas vagas livres. Por isso, vocês devem enviar os convites com antecedência suficiente para poder fazer um segundo envio.

Vocês também podem fazer três listas, uma para cada integrante do casal e uma terceira com as pessoas em comum. Tentem que essas duas listas individuais tenham o mesmo nível de pessoas, ou compense uma delas se estiver com um número muito baixo de convidados. Essa compensação ou corte geralmente elimina as pessoas mais distantes da sua vida atual.

Como fazer a lita de convidados do meu casamento
Villa Bisutti – Foto: Divulgação

Passo 5. Lembre-se dos conselhos do Zankyou

Existem três regras fundamentais na hora de mandar um convite, que vocês podem seguir ou não, mas que têm a ver com o nome que escrevemos no envelope. Em primeiro lugar, se o convite vai endereçado à um familiar e sua família, o convite deve conter o nome da pessoa, acompanhado das palavras “e família”. Se seu convidado não é da família de vocês e é casado/a, o mais lógico é incluir o nome dos dois no envelope do convite.

Caso você tenha alguma dúvida sobre a presença do acompanhante, seja porque você não conhece a pessoa ou porque a relação dos dois ainda não é oficial, o convite incluiria o nome do convidado com a opção de adicionar um acompanhante com o famoso: “+1”. Às vezes é difícil porque você se sentirá obrigada a convidar alguém desconhecido em detrimento de outros amigos. Por sorte, alguns “+1” sabem perfeitamente a que os eventos devem ou não devem ir. Muito importante: se esse acompanhante não se encaixa no seu grande dia, talvez o seu convidado também não.

Vocês devem convidar todos os membros da sua família próxima, mas caso queiram incluir a alguém mais distante, vocês não devem estabelecer preferências. Se você convidar um, recomendamos que você faça o mesmo com o resto, para evitar problemas familiares. Com amigos, não é tão restritivo, mas cada círculo e cada pessoa é um mundo, então tenha cuidado.

Veja como se comunicar com os convidados: dicas essenciais para convite, Save the Date e site dos noivos!

Como fazer a lista de convidados do meu casamento
Foto: Gustavo Semeghini

Confira o nosso vídeo!

 

Post publicado em 11/12/2017. Post republicado em 21/03/2018.

Mais informação sobre

Deixe seu comentário

Como escolher o seu vestido de noiva em 5 passos
Como escolher o seu vestido de noiva em 5 passos
Siga esses 5 passos para escolher o vestido de noiva perfeito para você ARRASAR no dia do seu casamento.
Lista de convidados do casamento: como administrar a sua e a do seus pais sem perder o humor!
Lista de convidados do casamento: como administrar a sua e a do seus pais sem perder o humor!
Na hora de fazer a lista de convidados, seus pais trouxeram suas próprias sugestões? Escutamos alguns assessores de casamento e reunimos as melhores dicas para evitar confrontos. Confira!
Como fazer o seating plan do meu casamento em 5 passos
Como fazer o seating plan do meu casamento em 5 passos
O casamento de vocês precisa ter um seating plan coerente, onde as pessoas possam aproveitar e se divertir com seus acompanhantes de mesa. Anote esses 5 passos para elaborar um mapa de mesas perfeito.

Crie grátis um site perfeito para seu casamento!

100% personalizável e com centenas de temas para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar no Zankyou!
O Zankyou oferece a oportunidade de mostrar o melhor da sua empresa para milhares de noivos que nos utilizam na organização do seu casamento em 23 países. Mais informações